pautas disciplina positiva

Se você tem lido o nosso blog, com certeza já está familiarizado com alguns conceitos que considero importantes para que nos preparemos melhor para ser pais. Um deles é a Disciplina Positiva que, de forma simplificada, consiste em potenciar o desenvolvimento dos nossos filhos desde uma perspectiva positiva.

Algumas pautas podem nos ajudar a educar com Disciplina Positiva

1. Coloque-se no lugar da criança

Entenda a criança, coloque-se em seu lugar, compreenda as razões de sua conduta. Se você conseguir descer a seu nível podemos entender o que lhe passa e, assim, ajudá-lo melhor.

2. Pratique uma comunicação posit

Ajude-a a pensar, refletir e tomar decisões sobre seu comportamento. Caso sua conduta não seja a adequada, busque conversar com a criança e, através de exemplos, explicar como atuar.

3. Seja seu maior exemplo

Atue como exemplo, pois ela imitará seu comportamento. A criança nos imita em tudo o que fazemos. Se somos capazes de dar-lhe bons exemplos, ela aprenderá.

4. Cumpra o que prometer

Estabeleça os objetivos de conduta que quiser conseguir, envolvendo-a e elaborando um plano coerente e conciso para consegui-lo. A coerência é fundamental no processo de educação. Dizer uma coisa e não cumprir pode confundir a criança e possibilitar que ela não consiga se comportar como o esperado.

Recomendamos que leia o post:

5. Seja firme

Seja firme em suas decisões. Lembre-se de que é importante estabelecer limites e normas, mas sempre com amabilidade e respeito. O fato de não se estabelecer castigos, palmadas ou ameaças, não significa que a Disciplina Positiva seja permissiva. É preciso ser firme com o que decidir, pois assim, sinalizará, a seu filho o que, de fato, espera que cumpra.

6. Pratique a comunicação ativa

Dialogue com a criança, permitindo-lhe explorar as consequências de suas decisões, utilizando o erro como fonte de aprendizagem, em lugar de gritos e castigos para que pague pelo seu erro.

Leia também:

7. Busque soluções para os problemas

Enfoque nas soluções e não apenas no problema, fazendo com que a criança participe nelas. Levar a criança a refletir e encontrar soluções para os conflitos permitirá que seja uma criança autônoma e responsável.

8. Desenvolva autonomia

Desenvolva sua autonomia, para que seja uma pessoa capaz de decidir. Desde pequena, inclua-o em atividades como recolher os brinquedos. Assim, ela se sentirá partícipe e aprenderá a ser independente.

Leia mais em:

9. Não rotule a criança

Critique a ação e não a pessoa. Cuide de sua autoestima. Evite etiquetar seu filho pelos resultados obtidos. Ajude-o a solucionar seus problemas.

Leia também:

10. Atue sempre com respeito

Se tiver que repreender seu filho, faça-o, mas sempre com respeito e sem transmitir medos.