Educação InfantilMétodo MontessoriSER CRIANÇA

6 frases que definem a Educação Montessori

educacao montessori

Para quem visita nosso blog, sabe que utilizamos muito da filosofia Montessori na criação de nossa filha. Para quem não sabe, Maria Montessori é uma italiana que centrou seu interesse na educação. Ela criou um método pedagógico baseado na liberdade, no respeito ao ritmo da criança e na sua capacidade inata de aprender. Ela acreditava que todas as crianças podiam se tornar adultos que sabem fazer frente aos problemas mais diversos.

O que é a Educação Montessori?

Em breves palavras, a Educação Montessori consiste em deixar a criança ser o que é e ajudá-a a crescer respeitando o seu ritmo. Dessa forma, devemos permitir à criança falar, escrever e ler naturalmente, da mesma forma que ela aprende a engatinhar, caminhar e correr.

Para isso, o adulto que o educa também deve assumir a postura de guia, daquele que acompanha a criança em seus próprios interesses, sem intervir. Além disso, a criança se desenvolve em um ambiente preparado com materiais específicos para que se dê a aprendizagem espontaneamente.

Dessa forma, o processo de aprendizagem é ativo, personalizado e contínuo. Todo o trabalho realizado pela Educação Montessori visa a dar ferramentas para que a criança alcance, progressivamente, a autonomia, a independência, a iniciativa, a capacidade de escolha, o desenvolvimento de seus desejos e a autodisciplina.

Frases que definem a Educação Montessori

1. Ajude-o a fazer por si mesmo

Esta é a frase mais emblemática de toda a educação Montessori. O objetivo do método é permitir que a criança alcance sua total autonomia e independência. Para isso, o ambiente preparado e a não interferência do adulto, elimina a frustração em um momento importante para a formação de sua personalidade.

2. Qualquer ajuda desnecessária é um obstáculo para o desenvolvimento.

Apenas aprendemos aquilo que conseguimos fazer e descobrir por nós mesmos. Se ofertamos uma ajuda desnecessária à criança, só estaremos criando dependência e desinteresse.

3. A criança cria seus próprios movimentos e, uma vez criados, os aperfeiçoa.

Se a criança tem os estímulos necessários para se desenvolver, a liberdade de movimento lhe permitirá fazer, por si mesmo, os processos de aprendizagem mais complexos.

4. O maior instinto das crianças é precisamente liberar-se do adulto.

Todos nascemos com im forte instinto de liberdade, por isso precisamos ser livres para nos desenvolvermos. Dessa forma, deixe que a criança seja autônoma, escolha o que quer fazer e desobedeça as regras. Através desse instinto que o permite arriscar-se é que consegue seus objetivos.

5. A mão é o instrumento de seus desejos.

Manipular, tocar, sentir… Devemos proporcionar à criança ferramentas para que possa aprender vivenciando, só assim armazenará e integrará melhor o saber. Para isso, há uma série de atividades sensoriais que podemos fazer com nossos filhos desde bebês.

6. Siga a criança.

Seguir o ritmo da criança. Ninguém melhor do que ela para saber até onde pode chegar e qual o caminho a percorrer.

Método Montessori

Uma das filosofias na área da educação que mais nos apaixona é o Método Montessori. Buscamos seguir seus fundamentos na criação e educação da nossa filha. Preparamos nossa casa para que Laura tivesse tudo a seu alcance e também lhe oferecemos propostas de material, brinquedos e atividades inspiradas em montessori. Tudo isso compartilhamos aqui na web. Acesse e confira:

Posts relacionados

A lição em três períodos Montessori

Os três primeiros anos de vida, por Maria Montessori

Cartões para trabalhar com a torre montessoriana

Arranjo floral de inverno - Vida prática

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *