Atividades EducativasAtividades sobre emoçõesEducação EmocionalSER CRIANÇA

A escada das emoções: um recurso para falar do que se sente

escada das emocoes

A escada das emoções é um recurso prático que se pode aplicar perfeitamente em casa com nossos filhos. Sempre que a criança tiver algum problema, a escada das emoções pode ser um recurso interessante para falar sobre o que sente. Ao dialogar com a criança sobre suas emoções, é possível ajudá-la a encontrar uma solução para o que ocorre

Como elaborar a escada das emoções

A atividade deve ser feita no chão. Use cinco fichas (tamanho A4), colocando-a em forma vertical, como se fossem os degraus de uma escada. Durante o processo de conversa sobre o ocorrido e as emoções que isso provocou na criança, ela deve ir passando de um degrau a outro.

Nomes dos degraus

Em cada uma das fichas escreva um nome que guiará a conversa, para que seja objetiva e clara.

  • Degrau 1: O que passa
  • Degrau 2: O que penso
  • Degrau 3: O que sinto
  • Degrau 4: O que faço
  • Degrau 5: O resultado

Para ajudar a criança a assimilar melhor cada etapa do projeto, você pode colocar uma cor diferente para cada degrau. Ou usar cores diferentes de caneta para cada folha (como o exposto nesta publicação).

Exemplificando situações práticas

Opção A:

  • Degrau 1: O que passa (a situação do conflito) >> Pedro estragou meu brinquedo (de pé sobre a primeira ficha)
  • Degrau 2: O que penso >> Não pode ser, eu gosto muito desse brinquedo.
  • Degrau 3: O que sinto >> Tristeza e raiva
  • Degrau 4: O que faço >> Empurro e brigo com Pedro
  • Degrau 5: O resultado >> Ele também me empurra e acabamos com raiva um do outro.

Provavelmente essas seriam as reações e sensações da criança diante do ocorrido. Podemos convidá-la a pensar como teria sido se tudo tivesse se dado de modo diferente. Para isso, peçamos  à criança que retorne à primeira ficha para refletir e obter melhor resultado.

Opção B:

  • Degrau 1: O que passa >> Pedro quebrou meu brinquedo.
  • Degrau 2: O que penso >> Pedro estava brincando com meu brinquedo e, sem querer, deixou que ele caísse. Por isso quebrou.
  • Degrau 3: O que sinto >> Embora esteja triste, posso perdoá-lo.
  • Degrau 4: O que faço >> Digo a Pedro que, embora gostasse muito do brinquedo, vejo que ele não fez por mal.
  • Degrau 5: O resultado >> Podemos tentar arrumar o brinquedo ou brincar de outra coisa.

* Ideia de Javi Sobrino, publicada em sua web pessoal

Educação Emocional

Na seção Educação Emocional aprendemos como ajudar nossos filhos a reconhecer e identificar as emoções corretamente. A partir do desenvolvimento da inteligência emocional, a criança está preparada para vivenciar situações várias de uma maneira equilibrada. Descubra mais:

Posts relacionados

O que é a escala cuisenaire?

Como ensinar as crianças a ter amor pelos animais?

Decálogo da paciência para pais

Receita para educar crianças felizes

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *