Brincadeira de criança para desenvolver a criatividade – os minimundos

O que são os minimundos? Como e por que as crianças deveriam brincar?

0 124

Os minimundos podem ser a melhor brincadeira de criança. Isso porque é o jogo perfeito para que a criança brinque criando e imaginando sem limites. A partir de materiais naturais, brinquedos de madeira, objetos com funcionalidades recriadas a criança estabelece as próprias normas de criação do minimundo.

Esse jogo livre traz proporciona à criança o desenvolvimento da criatividade, ao mesmo tempo que lhes permite formalizar pensamentos e imagens em contextos. Ao passar do abstrato ao concreto, ela aprende e entende melhor o mundo que a rodeia e as relações entre os sujeitos e seu entorno.

brincadeira-de-crianca-minimundos-02

Nesta publicação mostramos um dos minimundos que criamos junto com Laura. Demos o título de passeio de trem pela floresta. A partir de elementos naturais, brinquedos não estruturados, sementes e outros elementos de jogo, contamos com a participação da Laura para criar o minimundo. Antes mesmo de conhecer essa nossa experiência recomendamos que leia estes dois artigos:

Minimundo – passeio de trem pela floresta

Como sabemos, para a criança menor de 3 anos, é muito difícil conseguir concretizar seus pensamentos. Sua cabecinha está acolhendo um monte de informações sobre o mundo. Precisa dar-lhes sentido. Os minimundos podem ser, nesse sentido, uma incrível brincadeira de criança para que consigam dar forma a tudo o que tem na cabeça. Além disso, consegue integrar os distintos conceitos em um contexto, o que lhe permitirá compreender melhor o mundo.

brincadeira-de-crianca-minimundos-08

Nesse sentido, é preciso que o adulto proponha o tema, para que possa guiá-lo um pouco nesse processo. A partir dos três anos, podemos proporcionar-lhes material, mas o ideal é passarmos a ser meros observadores do que ocorre no jogo. As crianças já serão capazes de criar mundos inventados, copiados, fantásticos ou inspirados em sua vida atual. Passeio de trem pela floresta foi uma proposta que fizemos com Laura. Foi maravilhosa a experiência e rendeu mais de três dias de jogo. E relatamos em imagens tudo o que vivenciamos.

brincadeira-de-crianca-minimundos-07

O que mais chamou nossa atenção é que, pela primeira vez ela ajudou a construir o minimundo, organizando os elementos no espaço. Como vocês sabem, as bandejas ou caixas sensoriais sempre estão entre nossas atividades preferidas aqui em casa. Especialmente as de arroz, terminam sempre em farra. Você pode ver como Laura explorou as caixas de arroz colorido com a bandeira do Brasil, o minimundo da selva e o arco-íris.

brincadeira-de-crianca-minimundos-04

Desta vez, ela levou mais de um dia para trazer sua escavadeira e começar a fazer uma nova construção. Ou seja, durante um dia e meio, em distintos momentos, reproduziu o jogo simbólico através dos animais que passaram a compor o minimundo. E esse é o segundo ponto que nos chamou a atenção. Ela compreendeu os elementos que compunham o passeio de trem pela floresta. Os bonequinhos em miniatura passeavam pela estrada. Os animais andavam pela floresta. E mais de uma vez simulava diálogos entre os personagens. Enfim, uma experiência única.

brincadeira-de-crianca-minimundos-13

Uma brincadeira de criança sem tempo nem pressa

Para criar um minimundo a criança precisa de tempo livre e espaço. Não devemos apressá-la para que crie seu minimundo. Ao contrário, devemos deixá-la livre, para pensar e encontrar elementos de jogo que possam compor seu mundo imaginário ou imitativo.

Também deve ter um espaço adequado para que crie sem pressa. Dependendo da idade, a criança pode fazer o minimundo por etapas. Trata-se de um ir e vir constante, até que chegue a considerar concluído. Com isso queremos dizer que, o espaço em si do jogo deve ser delimitado, para que a criança se concentre em criar em um limite espacial. No entanto, deve ser um espaço intocável para nós adultos. Se o minimundo será montado no chão, escolha um espaço da casa onde não há urgência de limpeza, por exemplo. Esse cantinho deve ser para o jogo até que já não dê mais jogo.

brincadeira-de-crianca-minimundos-12

Nossa pequena vai fazer dois anos dentro de pouco e, por diversas vezes, brincava, parava, fazia outras coisas, e de repente retomava o jogo. Quase sempre incluía um novo elemento ao minimundo que encontrava em suas andanças. O mais curioso é que todos encaixavam harmonicamente no contexto construído.

Podemos oferecer-lhe material suficiente para que dê forma ao que tem em mente. As peças devem ser diferenciadas, para que ela possa encontrar meios de expressar no minimundo aquilo que não sabe verbalizar, suas emoções e sentimentos.

brincadeira-de-crianca-minimundos-09

Não há limites. Essa brincadeira de criança, ao promover a liberdade para criar e brincar, ajuda a que estabeleça uma ordem mental e experimente concretizá-las. O curioso é que, dessa forma, ela analisa e realiza ações, ensaiando comportamentos que logo se darão na vida real. Por exemplo, Laura criava diálogos entre os animais que se cumprimentavam, perguntavam como estavam e tagarelavam…

O que há de novo nos minimundos?

Provavelmente, você já terá indagado que minimundos é uma brincadeira de criança antiga. Isso porque terá pensado nas casinhas de bonecas, nos autoramas, nos jogos Playmobil ou Lego. De fato, todos esses brinquedos são espécies de minimundos. Então o que diferencia esses daqueles que propomos nesta publicação?

Certamente, aqui a diferenciação é clara. Nas casinhas de bonecas, nos autoramas, no Playmobil ou Lego, ou minimundo já está formalizado. A criança, então, realiza o jogo simbólico, reproduzindo as ações cotidianas do mundo adulto. Dessa forma, também treinam os comportamentos nas diversas relações da vida real.

No caso dos minimundos, a criatividade é fomentada em todo o processo. A criança aprende a desconstruir as funcionalidades dos objetos, recriando seus usos no contexto. Em outras palavras, é um jogo mais completo. Leva a criança a tomar decisões, a pensar e sentir.

Vale ressalva de que essa brincadeira está de acorde com as filosofias Montessori, Reggio Emilia e Waldorf. Explicamos o porquê no nosso primeiro post sobre os minimundos.

Material utilizado para o minimundo passeio de trem pela floresta

Para criar o minimundo passeio de trem pela floresta usamos:

  • Um recorte circular verde em goma eva
  • Jogo básico de trem LILLABO – IKEA. Escolhemos apenas as peças para formar uma estrada de trem circular.
  • Sementes de linhaça, sementes de girassol e cuscus.
  • Arco-íris Waldorf – Grimm’s
  • Cones Grimm’s
  • Moedas Grapat
  • Animais do jogo Topanimo Farm, da Djeco
  • Animais do jogo Pepe & Friends, de Hape
  • Minibebês, de Hape
  • Mini duende do bosque
  • manta para proteger e evitar que as sementes se caiam

Então, através desta publicação, respondemos às perguntas o que são os minimundos? Como e por que as crianças deveriam brincar? Você se convenceu do quanto é importante para o desenvolvimento dos nossos pequenos?

Deixamos algumas imagens mais de Laura construindo ativamente o seu minimundo passeio de trem pela floresta:

brincadeira-de-crianca-minimundos-19 brincadeira-de-crianca-minimundos-20 brincadeira-de-crianca-minimundos-21 brincadeira-de-crianca-minimundos-22 brincadeira-de-crianca-minimundos-23 brincadeira-de-crianca-minimundos-26

você pode gostar também

Comentários

Loading...