Desenvolvimento infantilSER PAIS

Brincadeira só é legal quando ambas as partes se divertem

brincadeira so e legal quando ambas as partes se divertem

Tenho o privilégio de conversar com crianças diariamente e percebo como é comum que o abuso emocional na infância se manifeste sobre forma de “brincadeiras”. .

Então queria deixar um recado para vocês, ADULTOS. Brincadeira só é legal quando AMBAS as partes se divertem. .

Se a criança chora…

Se ela se envergonha…

Se ela irrita…

Se ela passa a ter medo do adulto “brincalhão”…

É sinal que ele passou do limite. E cabe ao ADULTO parar e não a criança aprender a lidar com isso. .

Parece óbvio dizer algumas coisas, mas é preciso.

Apelidos pejorativos não são engraçados.

Estimular a sexualidade precoce de meninos não os torna mais “machos” (no máximo machista).

Sexualizar precocemente meninas as torna mais vulneráveis a abusos futuros. .

Ter passado por isso na infância e “sobrevivido” não justifica repetir os mesmos atos. Pense em como se sentia naquela idade e não agora. Somos adultos. O mundo mudou, à educação infantil mudou. Não precisamos repetir todos os erros que sofremos. Podemos refletir e fazer diferente.

* Texto de Luciane Baratelli, neuropediatra (@neurosemneura)

Desenvolvimento Infantil

Ler sobre o desenvolvimento infantil permitirá você compreender melhor seu filho e, dessa forma, ajuda-lo desde o respeito e o amor, sem gritos nem castigos. Visite nossa seção:

Posts relacionados

Jamais diga "não te amo mais" a seu filho

Sinais de alerta no desenvolvimento da linguagem

Aprender a esperar: a grande lição da maternidade consciente

Como conseguir que não abusem de seu filho por ser muito bom?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *