Ceará não aguenta mais a bagunça da Valentina. Veja o que acontece!

0

 

Muitos de vocês acompanharam o canal do Youtube da Mirella Santos, esposa do comediante e humorista Ceará, Wellington Muniz. Eles são pais de Valentina, uma menina que ficou famosa pelo seu jeitinho de se expressar diante das situações.

Eu não acompanho as postagens mas sim estive vendo três episódios recentes do reality show da família. Chamou-me atenção o Episódio 58, do dia 31 de julho. Na edição, Mirella mostra os preparativos para a viagem de férias à Disney. Em determinado momento (min 8:40), Ceará chega e Valentina corre para abraçá-lo no corredor.

O pai da menina conversa com a esposa e manifesta seu incômodo por ver tantos brinquedos jogados pela casa. Propõe uma solução para que a ‘bagunça’ da menina fique concentrada em algum espaço da casa. Ele sugere a criação de uma brinquedoteca e uma mudança no quarto da pequena, enquanto ela propõe que se faça uma casinha de bonecas na parte de trás da casa.

Ambos pareciam concordar que nem uma coisa, nem outra resolveria o problema em si. Ceará sugere, então, que aproveitem o espaço onde a menina mais brinca, onde estão postos uma cozinha e uma geladeira infantis e um pula pula. A mulher continua revisando a lista de remédios e parece não se preocupar muito com o tema naquele instante.

O diálogo entre Ceará e Valentina

É justo aí quando Ceará começa a conversar com Valentina. Chama atenção que, na sequência do vídeo, em nenhum momento o artista altera o tom de voz. E tampouco faz qualquer piada ou humor da situação com a menina (algo comum em momentos de descontração).

ceara disciplina recolher brinquedos

Para dialogar com a menina, Ceará se coloca a seu nível. Todo o tempo ele fala olhando no olho da criança. No início ele lhe recorda que depois de brincar, deve recolher o brinquedo. O pai a leva para um tour pela casa e lhe mostra todos os brinquedos espalhados pela casa. Ele lhe explica que é importante manter a organização da casa: brincar, mas depois guardar.

ceara valentina montessori em casa

Ao chegar no espaço da casa onde a menina mais brinca, Ceará mostra pra ela o estado em que havia deixado os brinquedos. Ele, novamente, se coloca no nível da criança, a olha nos olhos e lhe explica novamente que deve organizar e guardar tudo depois de brincar.

A sua decisão é a mais acertada. Após toda essa maratona de explicação, ele faz um convite à filha: “Vamos guardar? Vamos guardar tudo!”. Sem choro ou birra, ambos realizam a atividade juntos, deixando o espaço limpo.

ceara valentina arrumando casa

Decisão realizada com firmeza e com amor, sem gritos nem castigos, Ceará conseguiu seu objetivo de mostrar para sua filha a importância de manter a casa organizada. Claro que o milagre não está feito. Trata-se de uma menina de dois ou três anos. Com essa idade a criança quer mais é brincar e brincar. Não tem consciência do trabalho que nos dá limpar e manter a casa organizada.

valentina educacao

Certamente ela já pode recolher os brinquedos. Mas conseguir que o faça por ela mesma é uma tarefa que exige paciência e persistência dos pais. Para isso, devemos várias vezes realizar a tarefa com a criança para que, posteriormente, ela depois possa realizar sozinha.

Por uma educação sem gritos nem castigos

O mais importante é ter em conta que o castigo, em si, não é solução nem disciplina adequada para resolver os problemas com as crianças. Devemos sempre buscar a via do diálogo. Explicar e explicar, uma e mil vezes, o que queremos. Dar o exemplo, mostrando-lhes uma e mil vezes como realizar o que queremos que faça. Ter paciência e saber persistir.

Não há mágica para obter a cooperação das crianças em casa. Algumas pautas podem nos ajudar, mas é preciso que, como pais, saibamos que conseguir que as crianças realizem as tarefas exige de nós muita dedicação.

Deixo abaixo o vídeo do episódio, para que vocês possam assistir!

você pode gostar também

Comentários

Loading...