Como ajudar as crianças a organizar os espaços, segundo Montessori

0 87

Para que a criança possa contribuir em casa na organização, é imprescindível ter tudo em ordem. No entanto, temos que ter em conta que, para a criança, organizar é uma verdadeira arte. Ela precisa criar uma ordem mental que lhe permita compreender, sem dificuldades, o lugar de cada coisa.

Se a criança não constitui essa ordem das coisas, dificilmente conseguiremos que, por exemplo, nos ajude a recolher os brinquedos assim que terminar de brincar. Isso, simplesmente, porque não sabe exatamente onde colocar cada coisa.

E uma coisa está clara, se a criança percebe a ordem das coisas no lar, isso o ajudará a se concentrar melhor, ser mais responsável e a ser mais efetivo nas atividades que realiza.

Se você tem a casa de pernas pro ar, a casa cheia de brinquedos por todos os lados, crianças que não ajudam a recolher, veja 20 conselhos básicos sobre a arte de organizar os espaços para crianças segundo Montessori. Essa ordem das coisas lhes permitirá auto-construir-se e reforçar sua confiança. Essa ordem se constitui a partir do amor, supõe uma beleza estética e favorece a autonomia do pequeno.

A compilação de ideias é do blog PequeFelicidad. Minha filha tem um aninho. Como é bastante ativa, já estou na fase de ter a casa cheia de brinquedos e desordenada. Estamos reorganizando seu quartinho (de inspiração Montessori) para atender melhor suas necessidades e ajudá-la a organizar melhor seus brinquedos e coisinhas.

crianca recolher brinquedos

20 conselhos para organizar os espaços para as crianças segundo Montessori

1) POUCAS COISAS

As crianças recebem muitos presentes, inclusive fora das datas importantes (aniversário, Dia das Crianças, Natal…). Tantas coisas dificultam sua clareza mental. São muitos estímulos, muitas vezes desnecessários. Não se trata de tirar o que lhes pertence, mas se não as utiliza mais nem as valoriza, o melhor é doá-las que guardar objetos que acumulam poeira e não lhes acrescenta nada.

2) NÃO AMONTOE NEM EMPILHE

Se você empilha coisas e amontoa tudo em gavetas, baús ou caixas, está tirando valor das coisas na forma de apresentá-las. Cada brinquedo, cada material e cada peça deve ter seu espaço definido.

3) ORGANIZA POR TEMAS

Tanto na cozinha como na sala e, sobretudo, no quarto da criança, é tudo mais simples para ela se as coisas estão colocadas segundo uma lógica ou um sentido. No quarto, organize os brinquedos e materiais segundo sua finalidade. Por exemplo, brinquedos de rodas, jogos de construção, quebra-cabeças… Igualmente para a roupa.

4) FAÇA RODÍZIO

Isso no caso de se tiver tanta coisa, mas não tanto espaço. Faça um rodízio. Tenha uma espaço alto de armazenagem para guardar o que não está em uso e a seu alcance poucas coisas, bem visíveis e espaçadas. Por exemplo, no caso da roupa. Se a criança tem 10 calças. Deixe em um espaço a seu alcance 2 ou 3. Guarde o resto na parte mais alta do armário ou do guarda-roupa.

5) INTEGRE A CRIANÇA NA ORGANIZAÇÃO

Pergunte à criança como deseja organizar suas coisas. É importante que ela participe das decisões e se sinta partícipe da organização do lar. Sugestão: “Quer que seus talheres fiquem nesta gaveta ou prefere deixá-los naquela prateleira?“.

6) SEJA PRÁTICO

Se a criança deixa todos os dias seus sapatos jogados na sala, talvez seja ideal escolher um espaço na própria sala onde deixar disponíveis dois ou três pares de sapatos que mais usa no dia a dia.

7) ORDEM ESTÁVEL

A pesar de fazer o rodízio dos materiais, se você trocar umas calças por outras, deixe as mais recentes na mesma prateleira das antigas. A criança já fez uma ordem mental e espera que sempre encontre as calças no mesmo lugar, independente das cores que tenha. Ter essa percepção é fundamental pois a criança saberá com clareza onde guardá-las e onde encontrá-las.

8) DÊ EXEMPLO EM SUA CONSTÂNCIA

Recolha. Tenha constância com a ordem. Não pretenda que seu filho ordene as coisas, se ao chegar da rua você deixa sua bolsa em qualquer lugar.

9) FÁCIL DE GUARDAR E DE TIRAR PARA A CRIANÇA

Se para tirar uma coisa, a criança tem que levantar outra ou ter cuidado para que não caia o que há por diante, o melhor é repensar a ordem. Suas atividades devem ser fáceis de tirar e de recolher. Por isso, as bandejas podem ajudar. Em cada bandeja, uma atividade.

10) ANTES DE TIRAR, RECOLHER

Esse é um limite muito prático para evitar o caos no jogo e trabalho da criança no lar em seu dia a dia. Ofereça sua ajuda, dê-lhe alternativas, busque soluções e seja constante com o limite.

11) AO CHEGAR DA RUA, ME LOCALIZO NA CASA

Quando chegamos da rua, devemos ter um ambiente bem claro que nos permita organizar o que trazemos de fora. Mochilas, brinquedos, sapatos, blusas. O recebedor é um lugar importante para as crianças. Convém que as crianças tenham um espaço na sala onde deixar suas coisas.

12) ORDEM QUE FACILITA A ROTINA

Se a criança tem, em cima da mesa do banheiro, um pote com sua pasta de dentes e sua escova preparados, será mais fácil que ela se lembre de escovar os dentes do que se sua escova está guardada em um armário.

13) DIAS DE LIMPEZA

A pesar de que existam limites de ordem, pouco a pouco, essa organização pode se ver comprometida, já que novas coisas chegam à casa. Além disso, pode haver mudanças de hábitos ou de horários. A ordem se não é renovada, deixa de fluir. Ao menos 2 ou 3 vezes ao ano, é necessário dedicar uma jornada para (re)organizar o lar.

14) DIVISÃO DE TAREFAS

Cada semana você pode relembrar à família quem se encarregará de que tarefas na casa. A criança pode ter missões simples, segundo sua idade, ou missões mais complexas que possa realizar em equipe com outro membro da família. Veja a Tabela Montessori com a lista de atividades que seu filho pode realizar sozinho.

15) NÃO FAÇA PELA CRIANÇA O QUE A CRIANÇA POSSA FAZER

Se a criança derramou um pouco de água no banheiro, não limpe por ele. Pergunte como pode arrumar isso e o que precisa para limpar.

16) PROPONHA ALTERNATIVAS NO LUGAR DE ORDENAR

É muito frustrante e cansativo receber ordens continuamente. No lugar de ir atrás das crianças todo o dia para que recolham suas coisas e brinquedos, ofereça-lhes alternativas: “Você prefere recolher agora ou depois de comer?”. Deixe que experimentem as consequências naturais de NÃO recolher. Ofereça sua ajuda, proponha a tarefa na forma de jogo e peça colaboração.

17) ELABORE UM AMBIENTE NATURAL E SIMPLES

Os ambientes muito carregados estão cheios de cores, muito cheio de coisas. Produzem sobrecarga mental. Em um lar com crianças procura escolher cores suaves, mobiliário simples e natural. Um erro comum é acreditar que os ambientes das crianças são mais bonitos se estão cheios de cores por todos os lados. A beleza não está em encher paredes, teto e chão de cores fortes. A beleza de um ambiente para uma criança está em encontrar materiais naturais especiais, cuidados e artesanais. Poucas coisas especiais e bonitas.

18) CUIDE A BELEZA DO AMBIENTE

Cuide que o ambiente não apenas esteja ordenado, como também que esteja bonito. Se há uma jarra para servir leite, cuide que esta não seja de plástico, que seja especial e bonita para que a criança a valorize, aprecie sua beleza e cuide dela.

As plantas naturais sempre dão frescura ao ambiente. Além disso, as crianças encarregadas de cuidar das plantas veem melhoras em sua autoestima. A criança sente que há suficiente confiança nele para que possa estar encarregado de outro ser vivo.

19) SEJA PRÁTICO

As crianças gostam de ordem. Isso lhe aporta segurança. Seja prático. Não crie labirintos ou dificuldades na organização. Rodeie-se das coisas que realmente tenham uso e façam a criança e a família feliz.

20) SE NÃO FUNCIONA, PENSE OUTRAS FORMAS DE ORGANIZAR

Se a ordem não está funcionando em casa, não busque culpar a criança. Proponha-se a mudar o estilo de organização. Possivelmente, se a ordem não funciona é porque não é fácil ordenar, ou não há uma estética, não fomenta a ordem interna e não facilita a rotina do dia a dia.

crianca ordenar casa

Seguindo conselhos

Enfim, os conselhos são práticos e bem fáceis de cumprir. Como falei, estou em processo de reorganização do espaço do quarto da Laura, para incluir as coisinhas novas que tem ganhado. Assim que tiver pronto farei uma publicação mostrando como ficou!

você pode gostar também

Comentários

Loading...