Disciplina PositivaEducação EmocionalSER PAIS

Imagens que representam o phubbing em família

phubbing em familia 08

Há algum tempo havíamos tocado em um tema muito interessante: o phubbing. Esse termo designa o ato de ignorar as pessoas presentes em um mesmo espaço (neste caso, nada mais e nada menos, que nossos filhos) para nos dedicarmos às atividades nos celulares (como navegar na rede, conversar no whatsapp, entrar nas redes sociais ou, simplesmente, revisar o celular).

Sem nos darmos conta, ao prestarmos mais atenção ao aparelho do que àquelas pessoas que estão em nosso entorno, nos ausentamos das relações sociais. Estamos de corpo presente, mas completamente ausentes na interação com os demais.

Sabe aquela sensação de que perdeu algo que alguém disse enquanto lia uma mensagem de whatsapp. Pode valer pedir para repetir. Mas é fato que, com o passar do tempo, o interlocutor se dá conta da ausência e deixa de contar com essa figura. Perde-se a confiança e a segurança no outro. Por que vou falar algo com ele se nunca me faz caso? Por que conto isso pra meu pai se nunca me olha nos olhos e está sempre com o celular na mão?

As imagens abaixo representam o phubbing em família. Entre pais e filhos, entre marido e mulher, entre os membros do lar. Se soubéssemos o quanto o phubbing pode estragar as relações, passaríamos a buscar ajuda para fazer um uso consciente do aparelho. Podemos usa-lo sempre que necessário, sem que se torne um problema entre os integrantes da família.

Você se identifica em uma das imagens abaixo? Então é hora de rever o comportamento diante das telas.

phubbing em familia 01

phubbing em familia 02

phubbing em familia 03

phubbing em familia 04phubbing em familia 05

phubbing em familia 06

phubbing em familia 07

phubbing em familia 09

Educação Emocional

Na seção Educação Emocional aprendemos como ajudar nossos filhos a reconhecer e identificar as emoções corretamente. A partir do desenvolvimento da inteligência emocional, a criança está preparada para vivenciar situações várias de uma maneira equilibrada. Descubra mais:

Posts relacionados

Por que usar a tecnologia para entreter as crianças é nossa pior escolha?

Atenção fragmentada pode ser interpretada como abandono

10 regras para educar os filhos no uso das tecnologias

Talvez você esteja fazendo um PHUBBING com seu filho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *