Método Guillour: programa de exercícios para fomentar a concentração infantil

0

Muitos pais reclamam que seus filhos tem problema de concentração. Sabemos que as crianças estão expostas a uma infinidade de estímulos que pode deixá-las mais dispersas. No entanto, muitas pesquisas tem apontado que as crianças podem superar esse problema, desde que sejam treinadas para isso.

Como pais estamos buscando fomentar o desenvolvimento da concentração de nossa filha a partir da aplicação dos métodos Montessori e Waldorf em casa. Nas andanças pela internet encontramos algo bem interessante: o método Guillour. Trata-se de uma ferramenta muito útil para que possamos ajudar a fomentar a concentração infantil.

metodo guillour 04

O que é o método Guillour?

O método Guillour foi desenvolvido pelo Instituto Nacional de Psiquiatria do México. Trata-se de um programa de exercícios que combinam arte e ciência para estimular a concentração das crianças. Ensina-as a evitar as distrações do meio.

A partir de uma série de lâminas, as crianças devem encontrar símbolos, sair de um labirinto ou reproduzir as figuras representadas. Sua complexidade, contudo, está em realizar essa atividade através de um espelho, colocado diante de cada uma as lâminas.

Basicamente a criança realiza os exercícios guiando-se pela imagem “padrão”. No entanto, no lugar de olhá-la diretamente, deve fazê-lo através do espelho. Dessa forma, perceberão as figuras de forma invertida. Esse é um modo de obrigar o cérebro a processar a imagem e situar cada um de seus pontos no espaço e invertê-los. Trata-se de uma atividade interessante para estimular a lateralidade cruzada, ativar as funções neuropsicomotoras e melhorar a conectividade entre os neurônios. Esses três fatores intervem no treinamento da capacidade de atenção.

metodo guillour 02

Estimulando o cérebro

A partir dessa série de tarefas também se consegue estimular ambos os hemisférios cerebrais. Por um lado, o hemisfério esquerdo, mais relacionado com a lógica, a analítica e as funções verbais. E, por outro, o direito, mais vinculado com as funções espaciais, analógicas e não verbais. Um exercício muito útil para estimular a concentração infantil, posto que diversos estudos demonstraram que, quanto mais áreas cerebrais estejam ativadas, maior capacidade de atenção se requer.

Além disso, o método Guillour estimula a segregação de neurotransmissores como a dopamina, a acetilcolina e as endorfinas. Todas elas estão relacionadas com o desenvolvimento da plasticidade neuronal, a motivação intrínseca e a concentração. Sem contar que, o fato de ter a imagem padrão colocada de forma invertida, também contribui para que as crianças prestem mais atenção nas linhas para não se equivocar. Isso contribui para treinar sua concentração e a ajuda a se isolar dos estímulos de seu entorno.

Outros benefícios do método Guillour

Inicialmente, o método Guillour foi criado pela psicopedagoga e artista plástica Lourdes Gutiérrez Vázquez. O objetivo era estimular a atenção nas crianças e fomentar sua capacidade para autoconcentrar-se. Entretanto, se descobriu que esse método reporta muitos outros benefícios para as crianças.

Trata-se de um método excelente para estimular a coordenação mano ocular e desenvolver as habilidades visoespaciais infantis. Também estimula a criatividade, a imaginação e a capacidade de resolver problemas, ao mesmo tempo em que desenvolve a capacidade de observação. Além disso, é um método efetivo para acalmar a ansiedade e melhorar o rendimento acadêmico infantil a curto e longo prazo.

metodo guillour 03

Quando utilizar o método Guillour?

O método Guillour é ideal para crianças que padecem o Transtorno por Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), bem como para os que apresentem paralisia cerebral que estejam em reabilitação. Entretanto, também é recomendado para estimular a capacidade de atenção e a concentração de qualquer criança.

Não existe uma idade mínima para começar a utilizar dito método,. De fato, os expertos recomendam começar quanto antes para obter melhores resultados. Antes de utilizar o método é importante que a criança seja capaz, ao menos, de fazer traços firmes para que possa reproduzir as imagens. Essa habilidade se desenvolve próximo aos 4 ou 5 anos.

Também pode ser efetivo em pessoas que precisem melhorar sua concentração em geral, como pessoas adultas e anciãos.

* Visto em Etapa Infantil

você pode gostar também

Comentários

Loading...