Criação com ApegoSER PAIS

O bebê humano é 100% dependente

o bebe humano e 100% dependente

O bebê humano é 100% dependente. Isso é um fato. Diferente dos demais mamíferos, nossos bebês necessitam nossa ajuda integralmente para se desenvolver. Somos responsáveis por seus cuidados com a alimentação, higiene e saúde. E é certo que, embora suas necessidades básicas sejam comuns, todos os bebês são diferentes. Todos somos únicos.

Cada ser é único, mas todo bebê humano é 100% dependente

Ainda assim, os bebês tem certos instintos que os ajudam na luta pela sobrevivência. Conseguem, por exemplo, fixar o olhar a 30 cm aproximadamente e ficam atentos às caras. Desde os primeiros dias de vida, são capazes de reconhecer até o cheiro da mãe.

Falar com nosso bebê, cantar-lhe uma canção, sussurrar-lhe palavras bonitas são importantes. Ele não apenas escuta, como também reconhece as vozes. E o cheiro da mãe é o seu perfume preferido. Além disso, vem carregados com muitos reflexos que lhes são muito úteis: sucção, prensão e piscar os olhos (piscar)

Necessidades do bebê

Várias são as necessidades do bebê. Para sobreviver, ele precisa tanto de cuidados físicos como de cuidados emocionais. Devemos prover os alimentos, a higiene, o cuidado à saúde, a vestimenta… Somos responsáveis por seu bem-estar, facilitando sua adaptação no novo mundo.

Mas, para além dos cuidados físicos, são muito importantes os cuidados emocionais. Ter o bebê no colo na maior parte do tempo favorecerá o apego seguro. Dar-lhe amor, dedicação proteção, aceitação e valorização é permitir, desde seu início neste mundo, o seu desenvolvimento emocional.

Com nosso filho devemos estabelecer uma relação de apego saudável. Ele deve ser capaz de reconhecer os seres mais próximos e de confiança.

Do que o bebê gosta?

Favorecer uma relação de apego com nosso bebê é possível quando fazemos coisas das quais ele gosta. Isso o faz sentir-se amado por seus pais e/ou cuidadores. E, do que o bebê gosta?

  • Sentir que o seguram com suavidade, firmeza e segurança. Gostam de carícias e massagens suaves, que o ajudem a tomar consciência de seu corpo e de sua existência.
  • Sentir como a mamãe, o papai e os adultos próximos o cuidam.
  • Sentir que os demais tenham atenção, que conversem e se comuniquem com ele.
  • Sentir-se amado e querido.
  • Confiar em quem o cuida e estar muito tranquilo nos primeiros meses.

Enfim, o bebê conhece o mundo que nós lhe mostramos. Quando optamos por uma educação com amor, com respeito e com firmeza, podemos apresentar-lhe um mundo amável no qual ele ocupa um lugar importante. Optar por uma educação baseada na violência é leva-lo a conhecer um mundo terrível, rodeado de inimigos.

Quando o bebê confia em quem o cuida, poderá explorar o mundo e avançar. Quando o bebê teme, gastará suas energias em evitar que o machuquem.

Criação com Apego

Na seção Criação com Apego você encontra textos interessantes sobre como podemos criar nossos filhos com amor, respeito e firmeza. Prepararmos para ser pais é algo importante. Saber como podemos estabelecer o vínculo com nossos filhos, educando-os sem gritos, ameaças e castigos também. Acesse:

* Imagem: BBMundo

Posts relacionados

Teoria do Apego e Criação com Apego

Sinais de que seu filho tem um apego seguro

Do que o bebê recém-nascido gosta?

A importância do contato pele a pele quando nasce o bebê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *