Educação EmocionalSER PAIS

O dom e o poder do valor emocional

valor emocional 1

A psicóloga Susan David compartilha como a maneira como manejamos nossas emoções determina tudo o que nos importa: nossas ações, carreiras, relações, saúde e felicidade. Nesta conferência, profundamente comovedora, humorística e, potencialmente, transformadora da vida, desafia a cultura a apreciar a positividade por cima da verdade emocional e discute as poderosas estratégias da agilidade emocional.

O poder do valor emocional

Ser positivo se tornou uma nova forma de correção moral. Em uma pesquisa que realizei com mais de 70 mil pessoas, descobri que um terço de nós nos julgamos a nós mesmos por ter “más emoções” como a tristeza, a raiva ou mesmo a dor. Ou, ativamente, tentamos deixar de lado esses sentimentos.

Fazemos isso com nós mesmos e também com os que amamos, como nossos filhos. Inadvertidamente, nós os fazemos envergonhar-se por ter emoções consideradas negativas. Buscamos uma solução e fracassamos ao ajuda-los a ver essas emoções como, intrinsecamente, valiosas.

As emoções normais, naturais, agora são vistas como boas ou más. Mas, quando ignoramos as emoções normais, para abraçar uma falsa positividade, perdemos a capacidade de desenvolver habilidades para enfrentar o mundo real tal como é, não como quiséssemos que fosse.

Centenas de pessoas me disseram que não querem sentir. Dizem coisas como: “Não quero tentar isso porque não quero me sentir decepcionada.” Ou “só quero que esse sentimento desapareça”. Eu lhe digo: “Entendo. Mas você tem as metas de um morto”. Só os mortos não se sentem incomodados por seus sentimentos. Só os mortos nunca se estressam, nunca tem o coração destruído, nunca experimentam a decepção que sucede ao fracasso.

As emoções difíceis são parte de nosso contrato com a vida. Não se consegue ter uma carreira significativa ou formar uma família ou fazer do mundo um lugar melhor, sem estresse ou aflição. A aflição é a taxa de entrada a uma vida significativa.

* Transcrição de trecho da conferência de Susan David, psicóloga, sobre a falsa positividade. Visto em TED. Tradução de Karina de Freitas.

Educação Emocional

Na seção Educação Emocional aprendemos como ajudar nossos filhos a reconhecer e identificar as emoções corretamente. A partir do desenvolvimento da inteligência emocional, a criança está preparada para vivenciar situações várias de uma maneira equilibrada. Descubra mais:

Posts relacionados

As emoções não se educam, se acompanham

Crianças difíceis ou pais estressados?

25 formas de acalmar uma criança

Use as palavras para construir, não para ferir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *