Criação com ApegoDisciplina PositivaEducação EmocionalSER PAIS

O maior trabalho é a autorregulação adulta

autorregulacao adulta

Sempre estamos falando sobre a birra da criança de 2 ou 3 anos. Buscamos tips e recursos que nos ajudem a lidar com a situação da melhor maneira possível. Temos a crença de que o problema é da criança que não consegue compreender a mensagem que lhe queremos passar. Acreditamos que a criança é manipuladora e está em um constante cabo-de-guerra com os pais a fim de fazer valer o que deseja. De fato, não passa de crença que trazemos da educação que tivemos.

Na realidade, a birra é um processo natural da criança para externar sua insatisfação, frustração ou raiva. Não sabendo como expressar suas emoções adequadamente, ela transborda. Daí o choro agudo, as patadas, os gritos… Nessa situação, qualquer adulto sente o sangue ferver e tende a se descontrolar também. A sensação de impotência de não conseguir tirar a criança desse estado de “desespero”, acaba levando a mãe ou o pai ao descontrole.

Chegamos ao ponto. Durante a birra, o maior trabalho é a autorregulação adulta. Quando o adulto perde o equilíbrio, grita ou bate na criança, não o faz porque essa seja a melhor ferramenta educativa. Aliás, muitos pais relatam como se sentem culpados depois de bater no filho, pois não era essa sua intenção. Logo, eles o fazem porque não sabem administrar suas próprias emoções diante do comportamento do menor. Desconhecem técnicas respeitosas para aprender a se autoconhecer para poder atender à necessidade do menor naquele momento. Dessa forma, não soluciona o problema, ao contrário, o agrava.

A principal missão nossa, como pais, deveria ser nos educar emocionalmente para que possamos educar melhor nossas crianças. Não adianta saber de memória as várias ferramentas de Disciplina Positiva se o adulto não consegue se autorregular para conseguir aplica-las adequadamente.

Invistamos nosso tempo e esforço em inteligência emocional e criação respeitosa. Nossa saúde e nossos filhos agradecerão. Para nós, tem funcionado muito a prática constante de mindfulness. Igualmente recomendáveis são a Yoga e a meditação.

Educação Emocional

Na seção Educação Emocional aprendemos como ajudar nossos filhos a reconhecer e identificar as emoções corretamente. A partir do desenvolvimento da inteligência emocional, a criança está preparada para vivenciar situações várias de uma maneira equilibrada. Descubra mais:

Posts relacionados

5 atividades para controlar as emoções

7 brincadeiras para educar crianças emocionalmente fortes

Benefícios da dança para as emoções e condutas da criança

Mostre a seu filho estas 8 coisas boas para imitar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *