O que NÃO comprar para o bebê?

0 230

Quando ficamos grávidos, uma das dúvidas era o que comprar para o bebê. Queríamos saber quais eram os imprescindíveis. Então, no lugar de buscar dicas de coisas que comprar, fomos atrás do que NÃO comprar para o bebê. Para nós, saber o que não é útil nos ajudaria a fazer uma melhor seleção dos produtos necessários para nosso bebê.

Foi buscando as coisas de bebê que não deveríamos comprar que tivemos conhecimento da pedagogia Pikler e o movimento livre. Emmi Pikler foi uma pedagoga húngara que investigou o papel do adulto no desenvolvimento motor das crianças. A partir de seus estudos desenvolveu uma pedagogia centrada nos primeiros anos de vida das crianças, etapa decisiva na formação do ser humano. Esse sistema educativo está baseado na aprendizagem autônoma das crianças, sem a intervenção dos adultos.

Ela acreditava que a criança deveria explorar o mundo por ela mesma. Só assim conseguiria desenvolver sua autonomia e autoconfiança. Cada uma em seu ritmo é capaz de desenvolver todas as etapas do processo motor de forma livre, sem interferências. Para isso, basta uma roupa cômoda, espaço adequado e liberdade de movimento.

Uma criação baseada no respeito ao ritmo da criança era o que desejávamos para nossa filha. Para propiciar seu desenvolvimento, passamos a ter claro que estas 7 coisas não entrariam em nossa casa:

O que NÃO comprar para o bebê?

1. Andadores

Os andadores impedem a criança de amadurecer a região lombar quando ainda não está preparada para isso. A aparente “liberdade” de movimento, na realidade impede a criança de passar por etapas anteriores que a levam a iniciar o processo de caminhar.

No entanto, há alguns andadores que são montessori “friendly”, ou seja, que podem ser utilizados na fase sensível do bebê que está começando a caminhar. Veja a publicação abaixo:

2. Cercadinhos

Há pais que optam por deixar a criança no cercadinho (também conhecido como chiqueirinho), um espaço limitado que não permite o movimento livre. Há movimentos que somente estando no chão é possível realizar. Esses cercados podem ser úteis enquanto você está cozinhando e não pode ter a atenção voltada para a criança. Mas que seja em um breve espaço de tempo. Deixar a criança horas dentro disso é até judiação.

3. Colchão macio

Há muitos pais que tem medo de a criança cair enquanto está treinando os primeiros passos. É só medo do adulto. A criança precisa de superfície sólida para poder conseguir a segurança necessária para o caminhar. Então nada de forrar o chão com colchão ou com mantinhas escorregadias.

4. Cadeiras de alimentação

As cadeiras de alimentação são importantes para a hora do almoço. Há gente que as utiliza a qualquer hora, até mesmo para sentar a criança para ver a televisão. Deixe que a criança se movimente livremente pela casa.

5. Tapetes eletrônicos divertidos

Usar ocasionalmente está bem, mas quanto menos entretemos o bebê com tantos estímulos, mais ele fará, afiançará sua criatividade e sua autonomia.

6. Sapatos para bebês

Os bebês sentem e utilizam os pés para desenvolver habilidades motoras. Através deles explora, agarra e, inclusive, desfruta chupando o dedo grande. O recomendável é que possam estar descalços ou com meias antiderrapantes.

7. Cadeirinha de descanso para bebês

Nem pensar. Desenvolve na criança dependência de estar na posição sentada, o que torna mais difícil o hábito de brincar com autonomia. Além de que interfere no desenvolvimento da coordenação motora grossa. E cá pra nós! Que tristeza ver um bebê sentado horas em uma cadeirinha dessas. Melhor no chão, rodeado de alguns brinquedos naturais para que possa explorá-los.

Brinquedo de criança

Brinquedo de criança é uma seção muito legal do nosso blog. Trata-se de indicação de brinquedos educativos, a maioria deles em madeira, que visam a promover o desenvolvimento da criança. Todas nossas dicas estão em consonância com as filosofias em que nos inspiramos: MontessoriWaldorfPikler e Reggio Emilia. Acesse e descubra nossas dicas.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.