Você conhece as necessidades das crianças de 0 a 5 anos?

0

A criança, desde o seu nascimento, passa por uma série de fases. Para atender melhor as necessidades das crianças, é preciso que nós, como pais, saibamos as características de cada etapa de seu desenvolvimento. Sabê-lo nos deixa mais preparados para ser mais empáticos e compreensivos com as necessidades das crianças.

Muitas vezes, o que tomamos como um puro capricho da criança, não é mais que uma fase ou um período de transição para que possa amadurecer. Lembremos que nossos filhos entram em nossas vidas sem nenhum conhecimento do novo mundo. Nós somos seus guias. Para se adaptar à nova vida, é necessário que nós possamos ajudá-los da melhor maneira possível.

As necessidades das crianças de 0 a 5 anos

Recém-nascido: Alimenta-me

Um recém-nascido precisa de contenção, calor, leite e muito colo. Ele está em uma fase que observa, escuta, toca, experimenta e cheira. Seu cérebro está em uma atividade frenética dada a sede de aprender. Em outras palavras, é um cientista pronto a solucionar problemas. Trata-se da alegria e da esperança personificadas.

1 ano: Não é um bebê pequeno

O bebê se torna um explorador das coisas, um aprendiz nato a tempo completo. É um insaciável consumidor de experiências sensoriais. Essa criaturinha é muito curiosa, observadora, determinada e, muitas vezes, um cientista cabeça dura. Tem tanta energia que parece que nunca acaba a pilha. Ele é o futuro adulto em evolução.

2 anos: Não o subestime

Não é fácil. A criança se dá conta de que o mundo não gira a seu redor como antes. Para ela isso é muito complexo e entender o mundo pode se tornar um problema. Sua curiosidade pelo mundo é crescente, mas controlar as suas emoções é uma tarefa muito difícil. Chorar até o limite máximo é uma forma de expressar sua frustração.

3 anos: Deixe a criança brincar, pois está aprendendo

A criança está cheia de energia. Ama explorar o mundo. Precisa de movimento, de aventuras, de novidades. Deseja participar no mundo, ativamente, com todo seu corpo. Não está feito para ficar quieto, esperar turnos, ser paciente, fazer filas ou ficar calado.

4 anos: Deseja ser desafiada

Nesta etapa, a criança gosta de se expressar pela fala. É muito observadora e está em constante busca de aventuras. É uma espécie de sabe tudo, mas que quer saber tudo também. Tem mais perguntas que respostas. A curiosidade faz parte da criança. É muito perceptiva como para notar o que o outro sente, mas ainda não é capaz de expressar suas percepções.

5 anos: Não apresse a infância

A criança gosta enfrentar os riscos e busca sempre estar metido em problemas. Está pronta para viver momentos emocionantes. Seu cérebro está ocupado em experimentar novas ações. Embora os pais acreditem que, aos 5 anos, tem em casa uma criança madura, quase um mini-adulto, enganam-se. Ainda precisa explorar o mundo, brincar muito e viver em constante ação e movimento.

* Lembre-se de que cada criança tem um ritmo distinto. Uns viverão com mais ou menos intensidade cada fase da infância.

você pode gostar também

Comentários

Loading...