Viver em contato com a natureza é nosso maior presente para o Planeta Terra. Se o que queremos é conscientizar sobre a importância do planeta e de preservar o meio ambiente para mantê-lo um lugar habitável, é preciso que criemos nossos filhos em um ambiente natural. Para fomentar essa conexão, trazemos sugestões de 45 atividades para o Dia Mundial da Terra.

No dia 22 de abril celebramos o Dia da Terra. É uma data escolhida para fomentar a conscientização de que o Planeta Terra é nossa casa e de como dependemos de seus recursos naturais para sobreviver. Podemos elaborar uma série de propostas de atividades para o Dia Mundial da Terra:

  • Fazer cartazes
  • Limpar a escola, a casa, o parque
  • Fazer desenhos do Planeta Terra

Em casa nós fizemos um trabalhinho infantil sobre o Dia Internacional do Planeta Terra. Fizemos um mapa sensorial com os grãos produzidos na terra. Lindo ficou.

atividade dia da terra

Mas, nem de longe, essas atividades são as que consideramos mais adequadas. São um passinho perto de outras tantas que podemos fazer. Que outras atividades podemos fazer sobre os cuidados com o planeta? Desde pequenos, podemos propor uma série de atividades que aproximam a criança da natureza. Tão de moda está Montessori, que várias de suas atividades de vida prática e botânica favorecem essa conscientização.

Então, vocês pais montessorianos se animam e, por fomentarem esse tipo de atividade, acreditam estar dando sua pequena contribuição ao mundo. Conto-lhe a verdade. Sua contribuição é muito, muito, muito pequena. Não é insignificante, obviamente, mas tenha certeza de que pode fazer muito mais.

A principal atividade para cuidar do nosso Planeta Terra é CONEXÃO COM O AMBIENTE. Quanto maior for nossa conexão com a mãe natureza, mais conscientes seremos da importância de cuidar e proteger o meio ambiente. Daí que seja relevante a nossa infância estar sempre em contato com a natureza.

“Vivo na cidade, em um apartamento, com vistas para a janela do vizinho. Falar é fácil.” Então, falar é fácil e colocar em prática também. Conto a vocês que eu moro na cidade, em um apartamento, com vistas para a janela do vizinho. E, mais, todos os dias mantemos nossa conexão com o meio ambiente.

Na primavera, visitamos os parques naturais do entorno. Laura adora observar a vida dos insetos e as flores. No verão, vamos à praia, ao camping, fazemos pique-nique em parques do entorno. Laura adora tomar banho de chuva. No outono, saímos para observar como as folhas das árvores mudam seus tons, como começam a cair. Laura adora correr pelos bosques forrados de folhas. No inverno, saímos bem abrigados para correr e brincar nos campos gelados.

Enfim, ao estar em conexão com a natureza, permitimos à criança desenvolver um olhar empático para outros seres vivos que co-habitam o planeta Terra.

30 Atividades para o Dia Mundial da Terra

Podemos educar nossas crianças para serem ecologistas de cidade ou ecologistas de fato. No primeiro, teremos sujeitos urbanos que cuidam de plantas, mas, em sua maioria, não refletem sobre o estar no mundo. Logo, não se preocupam com a emissão de gases produzidos pelos veículos, por exemplo. Não fazem coleta seletiva. Abusam do ar condicionado… Enfim, é um olhar reduzido para o problema global.

Formar ecologistas de fato significa, desde pequenos, colocar a criança em contacto frequente com a natureza. Observar, assombrar-se com o que seus sentidos percebem, criar empatia com os demais seres que habitam o planeta. Podemos propor plantar uma árvore, reciclar lixo, fazer uma horta em casa… no entanto, com as crianças, o mais importante é a ação. É o viver na natureza, estar e se conectar. E, para isso, apenas precisamos dar-lhes o tempo necessário para que se sintam parte integrante do nosso planeta e, por isso, agentes capazes de transformar nossa realidade para a melhor.

Quando a criança, ou mesmo o adulto, carece dessa conexão, dificilmente, conseguirá ser um agente transformador. Será capaz de refletir, de falar sobre, mas não encontrará formas de serem ativos nas mudanças necessárias para preservar o nosso planeta.

Pensando nisso, sugerimos 45 atividades para o Dia Mundial da Terra que devem ser fomentadas durante todos (ou sempre que possível) os dias do ano.

1. Andar por campos floridos e colher flores para um bonito arranjo.

Fazer um arranjo floral

2. Observar as formas da natureza para criar bonitas esculturas.

3. Ser responsável pela limpeza dos espaços públicos que utiliza, como parquinhos, parques e praças. Dar-se conta de todo o lixo que produzimos é uma maneira de conscientizar a criança para que de o destino correto aos papeis de bala e pirulitos, por exemplo. E você, adulto, menos lixo no parque. Da raiva ir a parque infantil e encontrar tantas pontas de cigarro…

Limpar o parque de casa

4. Sentir a energia das ondas do mar. Você já parou para observar a alegria da criança ao saltar as ondinhas? Aprenda a agradecer a mãe natureza por poder estar presente em um momento tão único!

5. Relaxar. Que melhor lugar que na beira da praia! Dia incrível esse quando a pequena de casa se sentou para sentir o vai-e-vem das ondas. Deteve-se nesse instante. Sentamo-nos com ela e nos conectarmos com a natureza e conosco mesmo.

7. Ter um caderninho de anotações da natureza. Escrever, desenhar, anotar o que vê. Isso ajuda a criança a mapear a biodiversidade do nosso planeta.

8. Deixar ser desafiado pela natureza. Para uma criança, subir uma árvore pode ser uma grande aventura.

9. Uma das atividades para o Dia Mundial da Terra é observar os hábitos dos demais seres vivos do nosso planeta e maravilhar-se com sua beleza.

10. Cuidar dos outros seres que co-habitam o planeta.

11. Entender o estar no mundo. Estando ao sol, ao ver projetada a sua sombra, a criança é capaz de se dar conta de sua presença no planeta. E, acredite, isso é muito importante para sentir-se pertencente a essa grande comunidade e responsável por sua preservação.

12. Assombrar-se com a natureza. Ver como em um tronco caído brotam pequenos plantas. Do lugar menos esperado, podemos encontrar outras formas de vida.

atividade dia da terra infantil

13. Sentar-se para escutar a música dos rios.

14. A cada ida à praia ou a um parque natural, ajudar a manter o espaço limpo. Isso é responsabilidade de todos. Não temos que esperar que passe o lixeiro para que o serviço seja feito. Todos juntos somos responsáveis pelo cuidado com o planeta Terra.

15. Fazer arte com a natureza. Um galho caído pode ser muito mais do que um simples galho caído. Na imaginação de uma criança, pode se transformar em um lindo boneco.

16. Ter a natureza como campo de observação. No lugar de comprar mil e um materiais de ciclos de vida dos diferentes animais e plantas, ou andar fabricando o próprio, levar a criança para ver o ciclo por seus próprios olhos. Observar o ciclo do sapo, dar-se conta do gelatinoso que é o ovo, de como eclode, do crescimento do girino até a sua fase adulta… Não há dúvidas de que não está integrando apenas conceitos, mas criando empatia com a vida desse outro ser.

17. Observar peixes, caranguejos e outras pequenas espécies aquáticas. E, claro, devolvê-las em seu habitat vivas.

18. Ver a natureza como um espaço em constante transformação. Para a criança, a natureza é um grande puzzle de peças soltas. Move galhos, pedras, folhas e os recoloca em outro lugar. E tudo continua em perfeita harmonia!

19. Outra atividade para o Dia Mundial da Terra é observar o fantástico que há naquilo que parece tão ordinário.
20. Aprender a dialogar não apenas entre nós humanos, mas também com todos os demais seres. Ser cúmplices nessa caminhada chamada vida.

21. Brincar e se divertir ressignificando a natureza como elementos de jogo. A criança ve o meio ambiente como um espaço para o brincar livre.

22. Respeitar a vida dos diferentes seres que habitam o planeta, não importa o tamanho que tenham.

23. Apreciar os caminhos das raízes de uma árvore como metáfora para nossas próprias trajetórias e possibilidades de escolhas.

24. Os espaços naturais são o mais bonito caderno para escrever o que desejamos.

25. Perceber os fenômenos naturais, como o vento ou a chuva. Dar-se conta de porque ocorrem e qual o seu alcance em nossas vidas.

26. Aprender conceitos na natureza: grande-pequeno, grosso fino, alto-baixo… Trabalhar a força e o peso dos objetos. Jogar pedra nas águas de um rio ensina muito à criança sobre tudo isso.

27. Descobrir a biodiversidade durante um passeio.

27. Surpreender-se com o pouso de uma joaninha ou uma borboleta.

28. Cuidar dos espaços habitáveis. Estar comprometido com a natureza, sem necessitar comprar materiais para auxiliar na limpeza. A própria natureza oferece a criança um galho que pode lhe servir como pinça para recolher o que o homem insiste em sujar.

29. Explorar e descobrir riquezas escondidas entre arbustos.

30. Dar-se conta de quão pequenos somos nesse imenso mundo e quanto nossas ações são importantes para manter o planeta um lugar habitável.

31. Tornar-se um autêntico explorador. Para a criança, o nosso planeta é um lugar para explorar e descobrir novos seres e coisas. Ela está conectada à mãe natureza desde o minuto um em que está no mundo e é capaz de manter essa conexão ao longo da vida. Infelizmente, são nossos medos e nojos que a impedem manter esse elo de amor e gratidão.

32. Correr sem rumo, deixando-se levar pelo simples prazer de seguir uma borboleta, uma abelha ou o caminho do vento!

33. Desfrutar de um banho de rio e sentir a água que escorre entre os dedos!
atividade sobre dia mundial da terra
34. Encontrar diversão em todo e qualquer lugarzinho. O cipó vira balanço. Daí que um brinquedo não vale nada para uma criança quando é capaz de enxergar diversão nos vários espaços naturais que frequenta.
35. Parar e observar. O tempo se detém. Não há pressa. Acompanhar o trabalho de uma formiga e entender como uma comunidade organizada pode dar conta de viver bem e sem conflitos.

36. Pular poças e tomar banho de chuva. Permitir o brincar ao livre em qualquer momento, faça chuva ou faça sol, faça calor ou frio. Não existe o mal tempo. Apenas há a roupa inadequada.
37. Observar o carinho materno e paterno entre as demais espécies. Não somos donos das vidas de outros animais. Elas não nos pertence. Ainda que possamos ter animais de estimação, sempre recordemos que mais felizes estariam entre os seus pares que entre adultos, por mais amor que lhes possamos dar. Levar à criança a compreender as dinâmicas familiares das diferentes espécies de animal significa torna-la um adulto mais empático e respeitoso com as outras pessoas e os outros seres vivos.
38. Mais uma atividade para o Dia Mundial da Terra? Que lhe parece levar a criança para ver os efeitos dos fenômenos naturais? Por exemplo, depois de um forte temporal, observar a força da natureza.

39. Reunir tesouros da natureza. Ir de passeio e recolher tesouros escondidos. Levar para casa, analisar cada um deles, classifica-los… Esse é um trabalho minucioso de observação e de conhecimento do que existe no entorno.

40. Ouvir os sons dos insetos. Muitas vezes os pequenos bichos são considerados incômodos. No entanto, dependemos deles para que a natureza flua e mantenha o seu ciclo natural. Toda primavera acompanhamos o trabalho das abelhas. Todo o processo de polinização das plantas. Com um pote de observação, tratamos de capturar alguma, observa-la, escutar seu canto e solta-la para que continue a realizar seu trabalho.

41. Encontrar beleza em uma enorme poça de água e descobrir as vidas que nela podem existir.  O curioso é que, neste mesmo lutar, estivemos várias vezes e foi possível ver que, em períodos de estiagem, não é um lugar habitável por pequenas espécies. No entanto, em época chuvosa, é o espaço ideal para várias espécies de plantas e para a desova dos sapos e rãs.

42. Passear em regiões de mata fechada é uma atividade para o Dia Mundial da Terra que todos deveriam fazer. Não se pode explicar a conexão que podemos estabelecer com a mãe natureza em um lugar assim.

43. Cultivar plantas e hortas em casa é um bem que você faz para você mesmo. Mas acompanhar o cultivo em hortas e viveiros é algo único. Ver grandes plantações ajuda a conscientizar a importância dos cuidados com o meio já que tanto dependemos dele para plantar e colher alimentos para nossa subsistência.

44. Tropeçar com tesouros ao acaso e descobrir todo um mundo a sua volta. Mesmo quando o foco, antes, era um dinossauro de borracha. A criança educada para respeitar o ambiente é atenta e curiosa. Deseja descobrir o novo. E não precisa que lhe mostremos uma plantinha ou um bichinho. Ela mesma se da conta e quer descobrir o que é.

45. E uma última atividade para o Dia Mundial da Terra, já que poderia elencar umas quantas mais, aprender a respirar, a se concentrar, a estar presente, a amar a natureza.

Como veem, há uma infinidade de atividades para o Dia Mundial da Terra que podemos fazer com as crianças. Aliás, nenhuma delas foi elaborada por mim. Todas foram captadas. E lhes conto que ter a Laura nos trouxe um olhar ainda mais atento para o nosso planeta, para sua preservação. Passamos a cuidar mais do entorno e voltamos a nos maravilhar com toda a beleza que existe no nosso mundo.

Nesta publicação, mostro como podemos trabalhar a conscientização com a criança. Para ela, basta se sentir parte integrante do mundo. E isso só é possível quando ela passa a compor essa paisagem e participa dela ativamente.

Então, tenha em conta que nenhuma dessas atividades para o Dia Mundial da Terra devem ser feitas em um dia específico. O estar na natureza, ao ar livre, em contato com o meio ambiente, deve fazer parte da família. É tão, ou mais importante, que o estar na escola, ir às atividades extra-escolares ou ganhar brinquedos.

Como você e suas crianças se conectam com o meio ambiente?

Author

Deixe Uma Resposta