Quais são os verdadeiros valores da amizade? Essa é uma pergunta cuja resposta todos sabem bem: o amor, a lealdade, a solidariedade, a sinceridade e o compromisso. Agora, como trabalhar isso com crianças pequenas? Parece complicado não é verdade? E de fato o é! Nesta publicação, mostro uma atividade sobre valores da amizade simples de fazer e com um resultado bem interessante.

Antes de explica-la, contudo, vale mencionar que até os seis anos as estão aprendendo a reconhecer e identificar suas próprias emoções. Os amiguinhos são companhia de jogo. Suas relações sociais se estabelecem no convívio diário, seja na escola ou no parquinho do bairro. Para seu filho, será difícil compreender os verdadeiros valores da amizade.

Qual o valor da amizade para as crianças?

Então, para esta idade, o mais importante é trabalhar com a criança a empatia. Isso implica que chegue a compreensão de que se deve tratar bem os amigos, compartilhar brinquedos e momentos de jogos…

A atividade de artes proposta convida a criança a observar que o verdadeiro valor da amizade é partilha e união entre duas ou mais pessoas.

Vamos entender o passo a passo?

Material necessário

Para a atividade sobre valores da amizade, você vai precisar dos seguintes materiais:

  • Papel branco (tamanho a escolher)
  • Caneta preta de ponta grossa
  • Pinturas (guache ou acrílica) ou Giz de cera de abelha
Atividade sobre valores da amizade

Para ajudar a fortalecer o valor da amizade entre duas ou mais crianças, podemos fazer essa atividade de artes bem divertida.

Considere o número de crianças e a idade delas para escolher o papel a ser utilizado na atividade sobre valores da amizade. Eu escolhi um papel A4 de 200 gr. Eram apenas duas crianças, Laura e uma amiguinha. Como tem 4 anos, era o tamanho adequado para que pudessem fazer toda a atividade e conclui-la com sucesso.

Se você é professora e quer fazer a mesma proposta em sala, pode optar por dividir a turma em grupos e usar cartolina ou estender um papel branco bem grande no chão da sala para que se produza um grande mural da amizade entre todos os alunos.

Explicado isso, vamos ao que interessa! A prática. Ofereça, primeiramente, o marcador preto e a folha branca. As crianças participantes devem fazer as silhuetas de suas mãos sobre o papel. O legal é que haja cooperação. Um amigo desenha a silhueta da mão de outro amigo. As silhuetas podem se cruzar uma e outra vez. É nesse intercruzamento de mãos que reside a compreensão da partilha e da união como valores da amizade.

Uma vez pronto o desenho, ofereça as tintas ou os gizes de cera. Nós optamos pelos gizes de cera de abelha, já que o acabado é, realmente, incrível. Convide as crianças a se concentrarem nas interseções. Ou seja, apenas nas partes em que as mãos se encontram. Devem pinta-las, esquecendo-se das silhuetas originais das mãos e vendo o desenho como um todo. Assim que terminarem as interseções, podem seguir pintando as demais partes e o fundo.

Concluído o trabalho, podemos conversar com as crianças sobre o valor da amizade. Elas podem ser levadas a refletir como a cooperação, a ajuda, a partilha e a união fortalecem os laços entre elas. Também podemos finalizar com a leitura de algum livro infantil sobre a amizade! É sempre bem vindo, não é mesmo?

Quando desejar fazer atividades sobre a amizade com as crianças, considere sempre que o processo é muito mais importante do que o resultado em si. Como você percebe bem, o mais interessante da proposta aqui descrita foi todo o processo em que as crianças puderam trabalhar em união. Isso já é uma demonstração dos valores da amizade.

Espero que tenham gostado tanto quando as meninas que fizeram esse bonito desenho!

Author

Deixe Uma Resposta