Criação com Apego

Autocuidado na maternidade não é egoísmo

autocuidado na maternidade

A maternidade é um momento incrível na vida da mulher. A chegada do bebê traz a satisfação de ter, nos braços, um serzinho para o qual ela sente que viverá toda a vida. Experimenta-se o amor incondicional. A mãe é capaz de se doar de corpo e alma para atender as necessidades de sua cria. E essa dedicação, por outro lado, pode trazer uma parte um tanto sombria. O autocuidado na maternidade desaparece. Muitas mães acabam por anular suas próprias vidas. O bebê absorve tanto tempo de seu dia que não consegue encontrar tempo para se cuidar. E mais, quando o faz, muitas vezes, encontra em seu entorno críticas.

O autocuidado na maternidade, socialmente, é visto como uma irresponsabilidade da mulher. “Não sei como ela encontra tempo para cuidar de um bebê e se arrumar assim para sair” ou “Como pode deixar um bebê de 5 meses em casa com a babá para ir a uma festa”. Essas são apenas algumas das muitas críticas que uma mulher possa receber caso faça algo que foge à sua nova função com dedicação exclusiva: ser mãe. 

De fato, há mulheres que contam com ajuda de terceiros e tem a consciência da importância do autocuidado. No entanto, há outras que chegam a se sentir culpadas por pensar em deixar o bebê com alguém para ir ao cabelereiro, ao cinema com @ [email protected] ou sair com as amigas. Sentem-se egoístas por pensar 1 hora em si mesmas. É como se a vida com um bebê se transformasse em um mundo paralelo, um muro que divide o antes e o depois.

Ei, há vida na pós maternidade. Não confunda egoísmo com autocuidado na maternidade. Cuidar-se é muito importante. Estar são física e emocionalmente é fundamental para que possa dar o melhor de si para seu pequeno. Ele merece. 

O autocuidado na maternidade não é egoísmo

Então, tenha em conta que é muito importante olhar para si mesma em algum momento do dia. Isso não é egoísmo. Isso é autocuidado. E como cuidar de si mesma? 

  • Tomar tempo para você durante o dia. 
  • Estabelecer limites com outros.
  • Colocar-se como prioridade quando necessário.
  • Dizer não quando assim o sentir. 
  • Mudar de ideia sempre que considere necessário.
  • Focar na continuidade de sua carreira. 
  • Afastar-se de perguntas e críticas negativas.
  • Tomar suas próprias decisões.
  • Dar importância à sua saúde mental.

O mais relevante para que possa colocar em prática o autocuidado na maternidade é poder contar com uma rede de apoio. Não importa se é o próprio marido ou os avós, tios, outros familiares, amigos ou algum profissional. O importante é que tenha pessoas de confiança que possam ajuda-la nos cuidados do bebê. Cuide da relação com os amigos. Combine planos românticos em casal. Faça esportes. Faça cursos que melhorem sua experiência profissional. 

Enfim, os caminhos são muitos. Com certeza você encontrar o melhor para você! 

* Imagem de @lamagatattooer

Criação com Apego

Na seção Criação com Apego você encontra textos interessantes sobre como podemos criar nossos filhos com amor, respeito e firmeza. Prepararmos para ser pais é algo importante. Saber como podemos estabelecer o vínculo com nossos filhos, educando-os sem gritos, ameaças e castigos também. Acesse:

Posts relacionados

Jogo do Coronavírus - lavar bem as mãos

Momentos da maternidade ilustrados

Coisas normais que são um luxo para as mães

Deixe seus pais envelhecerem sem a responsabilidade de criar os netos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *