AtividadesBrincadeirasBrincadeiras recreativas

Brincando de cabeleireiro

brincando de cabelereiro 01

Brincando de cabeleireiro. Assim o tempo passa voando em uma divertida brincadeira em família. Tudo começou quando começamos a assistir à série A Vida e a História de Madam C.J. Walker, uma minissérie de Netflix em 4 capítulos. Não vamos nos ater a fazer uma crítica, mas daremos um breve resumo da série baseada em uma história real. Madam C.J. Walker foi a primeira mulher milionária dos Estados Unidos. Uma humilde lavadeira afro-americana cria um império com os produtos de beleza e se torna a primeira mulher a fazer fortuna por suas próprias mãos.

Acreditamos oportuno que Laura visse com a gente, já que se tratava da história de uma mulher valente, que não se deixou vencer pelos esteriótipos e correu atrás do que tanto sonhava. Como é uma história para adultos, com recomendação para público a partir dos 13 anos, Laura se interessou, mas chegou com entusiasmo até o terceiro capítulo. O último já não chamava sua atenção.

No entanto, daquela mulher negra e valente, ela adquiriu o desejo de ser cabeleireira. Sabem como é, criança pode ser tudo e quer ser tudo. Há momentos que quer ser astronauta, outros professora, outros vendedora… e agora quer ser cabeleireira.

Lembram da lojinha que ela montou há pouco tempo? Utilizando a mesma montagem, passou alguns dias brincando de cabeleireiro.

Brincando de cabeleireiro

Basicamente, para brincar de cabeleireiro, a criança precisa de um espaço onde colocar os objetos e um banquinho. Nós usamos a escada de dois degraus dela para colocar os objetos de uso do cabeleireiro e um banquinho.

No início, ela brincou com a boneca. Pegou aquela que tinha o cabelo maior e esteve penteando por um bom tempo.

brincando de cabelereiro 02

Colocou lacinho e preparou-a para um casamento. Assim ia me informando, enquanto eu trabalhava numa mesa ao lado.

brincando de cabelereiro 03

Deixo para vocês a indicação da boneca que aparece na imagem. É muito bonita e, além de ter o cabelo, que permite à criança trabalhar a coordenação motora ao poder pentea-lo de diferente maneiras, também conta com roupa e sapatos que podem ser colocados e tirados. Isso favorece a autonomia da criança. E, outro ponto positivo, é ideal para o jogo simbólico.

Mas, seguindo no jogo de cabeleireiro, a brincadeira passou à família. Primeiro o papai. Depois a mamãe. Clientes assíduos desse salão que não apenas cuida dos cabelos, como também de toda a parte estética: unhas e cuidados faciais.

brincando de cabelereiro 04

E, no final do horário de trabalho, a cabeleireira decidiu que era hora de se cuidar.

brincando de cabelereiro 05

Brincando de cabeleireiro a criança aprende um monte de coisas. É uma brincadeira que não requer muito mais de que uma escova, alguns outros objetos e vontade de se divertir. E, brincando, a criança desenvolve a linguagem, ao aprender/reforçar um vocabulário mais específico. Ela aprende uma linguagem adequada no trato ao outro. Trabalha palavras e frases próprias do contexto. Também aprende números e quantidades. Quando vamos ao salão de cabeleireiro, usamos o dinheiro para pagar, explicamos como queremos cortar o cabelo bem como a quantidade… Enfim, a matemática aparece de distintas formas durante a brincadeira.

Brincadeiras infantis

Brincadeiras para uma infância rica e feliz. Isso é o que você encontra nesta seção repleta de ideias de brincadeiras para fazer sozinho, em família, com amigos. Dicas de jogos legais para fazer em casa, na rua, na escola. Modos distintos de brincar: com bola, de roda, com corda… Enfim, um universo rico de coisas bonitas que podemos fazer no dia a dia com as crianças.

Posts relacionados

Família Sylvanians e o jogo simbólico

O espaço do jogo simbólico em casa

Lindas bonecas negras Waldorf para empoderar nossas crianças

O que é uma boneca Waldorf?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *