Atividades

Como ajudar uma criança a expressar seus sentimentos?

como ajudar uma crianca a expressar seus sentimentos

Como ajudar a criança a expressar seus sentimentos e suas emoções? Que dúvida difícil quando nos tornamos pais. Somos conscientes da importância de que nossos filhos aprendam a lidar com suas emoções e sentimentos, mas, muitas vezes, desconhecemos como ajuda-los.

Especialmente se a criança tem uma personalidade forte e tende a querer resolver os problemas através de atitudes agressivas, os pais se angustiam, culpando-se por não serem capazes de que seus filhos entendam que há outras formas de expressar seus sentimentos.

Como ajudar uma criança a expressar seus sentimentos?

Desde que nasce, o bebê vai experimentando uma série de emoções e sentimentos segundo as situações às quais são expostos. Sobretudo a partir dos 2 anos, quando começam a se interessar por estar com outras crianças, algumas emoções começam a ser vistas como não aceitáveis socialmente.

Quando a criança fica com raiva porque algum outro menino pegou seu brinquedo, tendemos a obrigar-lhe a compartilhar. Isso faz com que tenha raiva e se sinta muito incômodo. Tendemos a sentir-nos péssimos pais porque nossos filhos são incapazes de compartilhar por mais que lhe expliquemos mil vezes o porquê de fazê-lo.

Para ajudar nossos filhos a expressar seus sentimentos e emoções, o primeiro é nos tranquilizarmos. Devemos ser capazes de observar nossos pequenos. Também de conversar de uma maneira simples para que possa sentir confiança para expressar o porquê de sentir raiva ou tristeza. Pode ajudar contar situações cotidianas em que uma criança pode sentir esta emoção. Isso lhe dará o passe necessário para que possa se abrir e contar como se sente.

Também podemos propor solução para solucionar o problema. Se não quer compartilhar o brinquedo, explicar-lhe a importância de fazê-lo, mas nunca obriga-lo. Podemos motiva-lo a dizer à outra criança que não se sente preparado para emprestar o brinquedo naquele momento. Já o fará quando estiver preparado para isso. Dessa forma, ensinamo-lhe a dialogar com o outro, a ter empatia, a ser positivo. E, sobretudo, respeitamos o que sente, o que lhe dará confiança para enfrentar o que sente com positividade.

Um passeio pelas emoções

Através da literatura infantil podemos fazer um passeio pelas emoções junto às crianças. No lugar de falar sobre cada situação que vivencia, já que poderia ser profundamente tedioso e desgastante para a criança, podemos ter livros infantis que a convidam a conhecer as vivências das personagens e como cada qual age em cada situação.

Essa é a forma mais legítima de a criança ampliar seu repertório emocional de resposta. Dessa forma, podemos trabalhar com ele a inteligência emocional, atendendo suas necessidades distintas em cada momento.

Para melhorar seu conhecimento sobre as emoções, você pode brincar ou falar com ele, perguntando-lhe como nota seu corpo quando sente uma determinada emoção, em que momentos se sente assim, o que pensa e o que costuma fazer. Também é importante incluir os demais, para que entenda como se sentem os outros quando age de determinada forma.

Neste post, demos como exemplo o compartilhar um brinquedo. Nesse caso, podemos nomear o que a criança sente que não lhe permite compartilhar (medo de que o brinquedo desapareça, ciúmes do brinquedo…), bem como a emoção despertada na outra criança (tristeza ou raiva). Também podemos convida-lo a pensar como se sente quando algum menino lhe empresta um carrinho ou uma boneca e como se sentiria se pedisse algo emprestado e a resposta fosse um não.

Através da conversa, podemos ajudar a projetar tudo o que faz e como pode atuar em distintas situações, a fim de lidar melhor com suas emoções e sentimentos. Quando a criança aprende a expressar seus sentimentos, começa a se sentir mais seguro e capaz de enfrentar as mais distintas situações.

Educação Emocional

Na seção Educação Emocional aprendemos como ajudar nossos filhos a reconhecer e identificar as emoções corretamente. A partir do desenvolvimento da inteligência emocional, a criança está preparada para vivenciar situações várias de uma maneira equilibrada. Além disso, há uma parte dedicada a sugerir atividades sobre as emoções para trabalhar com os pequenos em casa. Descubra mais:

Posts relacionados

Como observar a natureza?

3 exercícios de relaxamento para crianças

Pedra para falar sobre emoções

Como falar sobre abuso sexual com crianças pequenas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *