Criação com ApegoSER PAIS

De que as mães estão feitas?

de que estao feitas as maes

Quando descobrimos que estamos grávidas, nós mulheres vemos nossa vida mudar completamente. Antes pensávamos só em nós, em satisfazer nossos desejos e necessidades pessoais. De repente, como mães, vemo-nos totalmente voltadas para os cuidados de uma pessoinha que depende tanto de nós.

A felicidade transborda em nosso ser ao receber nossa criaturinha nos braços, ao amamentá-la, ao acariciá-la. Somos capazes de repetir uma e outra vez, todos os dias, o quanto somos felizes por tê-la a nosso lado.

Então de que nós somos feitas?

Damo-nos conta de que tudo muda, e descobrimos que, como mães, somos feitas de:

  • Memória capaz de recordar momentos maravilhosos. Pura verdade. Lembramos cada detalhe de nossos filhos. Não apenas o fato, mas somos capazes de recordar o entorno, o cheiro, as cores. Tudo passa a fazer parte de cada momento que nos faz sentir-nos mães.
  • Uma boca com palavras amorosas. Cada mãe cria códigos de amor com seus filhos. Embora cada um tenha seu nome próprio, o mais comum é que nós, mães, criemos nomes carinhosos para nominá-los. Repetimos uma e outra vez palavras doces que simbolizam todo o amor que sentimos por nosso filho.
  • Braços que consolam. A criança está protegida nos braços de sua mãe. Ao abraçar nossos pequenos, diversas vezes ao dia, mostramo-lhes que podem confiar em nós, que estamos disponíveis para eles, mas, sobretudo, que o amamos.
  • Mãos que curam e consolam. Quando nosso filho cai, não devemos ignorar suas emoções. Dizer que não foi nada e que vai passar logo, apenas ajuda a silenciar suas emoções em situações futuras. Nossas mãos podem ajudar a curar as feridas e consolá-los. Nossas palavras podem ajudar a que eles entendam melhor suas emoções.
  • Olhada reconfortante. Ao observar nossos filhos, podemos entendê-los melhor. É preciso conhecer suas condutas e emoções, para que possamos ajudá-los. E, assim, ainda que, em um momento de necessidade, não possamos falar-lhes ou tocá-lhes, através de uma mirada podemos reconfortá-los.
  • Ouvidos dispostos a escutar. Ter atenção ao que nossos filhos nos querem dizer, demanda tempo. Como mães estamos sempre disponíveis para escutar nossas crianças, ouvir o que querem contar.
  • Olfato que sente de longe que algo não está bem. E se algo passa a nossos pequenos, sentimos o cheiro a kilômetros. Tornamo-nos verdadeiras bruxas, com poderes especiais que nos permitem ver que algo não vai bem com nosso filho sem que ele nos diga uma única palavra.
  • Coração que não cabe no peito. Amamos incondicionalmente nossas crianças.

Ser mãe é a experiência mais alucinante que podemos viver!

Criação com Apego

Na seção Criação com Apego você encontra textos interessantes sobre como podemos criar nossos filhos com amor, respeito e firmeza. Prepararmos para ser pais é algo importante. Saber como podemos estabelecer o vínculo com nossos filhos, educando-os sem gritos, ameaças e castigos também. Acesse:

Posts relacionados

Momentos da maternidade ilustrados

As 3 amigas que toda mãe precisa

Do que o bebê recém-nascido gosta?

Comunicando suas necessidades às crianças

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *