Disciplina Positiva

Desafio do Rinoceronte laranja: deixe de gritar com as crianças

desafio-do-rinoceronte-laranja

Certamente você começou a ler a notícia porque ficou curioso sobre o que seria o desafio do Rinoceronte Laranja. Então, como vocês já devem saber, nós não estamos a favor dos gritos e castigos como recursos de educação dos menores. Acreditamos que isso não traz benefícios para as crianças a largo prazo. Deixam traços negativos na personalidade das crianças. Além disso refletem nosso fracasso como pais por não conseguimos controlar bem nossas emoções diante de situações de estresse com nossos filhos.

Ainda assim, por mais que tentem não gritar com seus filhos, podemos perder o controle e gritam com seus filhos. Primeiramente é importante que tenhamos em mente que nossos filhos são crianças e que devemos baixar um pouco nossas expectativas e exigências. Só assim podemos aprender a entendê-los em seu momento de estresse, bem como ajudá-lo a controlar suas emoções.

Muitos pais, que como nós não acreditam nos gritos e castigos, buscam inspirar-se em outros pais e suas estratégias para conseguir o objetivo. Uma mãe norte-americana, Sheila McCraith é uma dessas fontes de inspiração. Ela criou o desafio do Rinoceronte Laranja.

Mãe de três crianças, cansada de ter que conseguir tudo no grito, ela se propôs um desafio: deixar de gritar com seus filhos. Certo dia, ela se deu conta de que, em casa, não conseguia sabia abordar os problemas e por isso queria resolver tudo com gritos. No entanto, em espaços públicos, evitava gritar para não ser alvo de comentários de desconhecidos.

Ela se deu conta de que era absurdo preocupar-se tanto com o que opinariam os demais. Pensou que deveria refletir mais sobre o que seus próprios filhos pensariam dela, já que eles eram quem realmente importavam. Foi assim que ela decidiu desafiar-se a si mesma a não gritar com as crianças durante 365 dias.

De fato, esse desafio é perfeitamente possível de ser realizado se nos damos conta do quanto nos faz mal ver alguém que grita com nossos filhos. Por que nos faz tão mal isso e não nos faria gritar nós mesmos com nossas crianças. Por que se os demais gritam com ele pode lhe provocar mal estar, mas se somos nós pais justificamos que estamos educando-os?

Ainda que sejamos conscientes do mal que estamos fazendo a nossos filhos, acabamos gritando com eles. Seja porque estamos cansados ou sem paciência, porque não nos fazem caso ou nos tiram do sério. Simplesmente gritamos.

Princípios do Desafio do Rinoceronte

Os pontos principais do desafio são os seguintes:

  • Ter claro que há um problema na relação com seus filhos e sentir a necessidade de mudar.
  • Fixar um objetivo realista, que seja possível cumprir. Ou seja, que não faz falta se propor a deixar de gritar por um ano completo, pode ser por uma semana, 15 dias… A questão é começar.
  • Comentar com seu parceiro, com seus pais e amigos. Essa é uma maneira de você se motivar a seguir adiante o desafio.
  • Observar quando e por que se desencadeia o grito. Por exemplo, quando queremos chegar logo ao colégio e a criança está enrolando, ou quando quer que a criança vá para cama e ela insiste em seguir vendo desenhos animados).
  • Pensar possíveis soluções e alternativas.

Lembre-se de que, como afirmou a autora do desafio, ‘nem sempre posso controlar as ações de meus filhos, mas posso SEMPRE controlar minha reação.

Como colocar o desafio em prática

Alguns conselhos para ter em conta na hora de colocar em prática o desafio:

  • Sacudir o corpo repetidamente enquanto se afastam fisicamente do problema por alguns munutos.
  • Escutar uma música para relaxar antes de enfrentar o problema.
  • Fechar os olhos e ver-se a si mesmo na praia descansando.
  • Dizer a si mesmo: “São só crianças e os amo muito”. Repita quantas vezes achar necessário.
  • Colocar alguma peça de roupa laranja para recordar que você está em meio a um desafio.

Ah, e você deve ter ficado curioso e se perguntado: o que tem a ver um rinoceronte laranja com parar de gritar com nossos filhos? Para Sheila, os rinocerontes são animais tenazes e fortes, e são pacíficos e só se exaltam com quem os provoca. E a cor laranja inspira energia e determinação, justamente o que mais falta para deixar de lado os maus costumes.

O desafio do Rinoceronte Laranja pode ser adaptado a realidade de cada família e segundo os objetivos particulares dos pais. Então, você se uniria a essa prática? Ou sugere algo diferente que tenha funcionado com você?

Posts relacionados

Os castigos não servem para educar

Método Inuit para não gritar com os filhos

Os castigos servem para que se aprenda a fazer as coisas escondido

O que significa colocar limites para a Disciplina Positiva?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *