AtividadesEducação Infantil

Estas 5 atividades ajudarão o desenvolvimento da linguagem do bebê

desenvolvimento da linguagem do bebe

Nós pais tendemos a fazer comparações entre nossos filhos. O meu já engatinha. O meu já caminha. O meu já fala… o meu é sempre o melhor. E quando não parece ser, tendemos a nos preocupar muito e querer apressar o seu desenvolvimento. Alguma mãe dirá: “Meu filho tem um ano e ainda não caminha. Que exercícios posso fazer para estimulá-lo?”. Definitivamente, apressar a natureza não é bom. Cada criança é um mundo e tem o seu ritmo. Respeitá-lo é permitir que a criança se desenvolva corretamente. Por exemplo, independente do quanto o estimule, o bebê chegará um momento em que começará a falar. Isso é o normal.

No entanto, há muitos exercícios que favorecem a preparação da criança para o desenvolvimento correto de cada habilidade. Podemos ajudá-lo a fortalecer a musculatura da boca, facilitando a produção de determinados sons da fala, a partir da aplicação de algumas atividades.

Nossa filha tem 19 meses e já está em processo de desenvolvimento da fala. Já fala muitas palavras, mas ainda não chegou na fase de articular duas palavras. Pouco a pouco vai aprendendo a se comunicar através das palavras: água, mimi, papá, parque… Para ela, cada uma dessas palavras contem uma oração completa.

Para ajudá-la, lançamos mão de 5 exercícios que buscamos fazer, quando possível.

5 atividades para o desenvolvimento da linguagem do bebê

1. Ler juntos

Escolha aqueles que tenham texto repetitivo e que rimem, para praticar a articulação. Ler as imagens também é muito importante. Pedir que a criança identifique o que ocorre na história a partir das ilustrações é interessante. No caso dos bebês, pedir que identifiquem o que veem nominando personagens e objetos ajuda a fixar as palavras.

2. Cantar canções

Aqui em casa a cantoria está armada. Pena que somos todos desafinados. Amamos cantar. Estamos sempre cantando canções infantis para nossa pequena. Fazemos a coreografia ou sinalizamos os objetos para que integre a seu vocabulário novas palavras.

Mesmo assim, não sei o que passa. Nossa pequena se entedia com as músicas do Mundo Bita e da Galinha Pintadinha. Gosta mesmo é de Bruno Mars, Katy Perry e Gine Kelly. Algo passa aí que não entendemos bem.

3. Brincar com dedoches ou marionetes

Os dedoches ou marionetes são ideais para criar historinhas. A criança pode praticar a articulação de forma frequente.

4. Contar histórias para os bonecos

Os bebês, na sua linguagem, podem se tornar narradores. Ao contar o que vê nos livros, tornam-se conscientes da capacidade de fala. Isso os ajudará a articular o pensamento e relacioná-lo às palavras. Embora nossa pequena apenas fale palavras soltas, vemos como elas já aparecem, aleatoriamente, em suas falas.

5. Conversar muito

Conversar muito com a criança ajuda muito. Os bebês tem sua linguagem própria. No entanto, devemos conversar com eles, tentando entender o que nos querem dizer. Em casa, costumo pedir que me conte o que está vendo ou o que está acontecendo. Laura o faz com gesto e tudo mais. Uma graça! Também, cada dia, contamos o que vivenciamos na jornada. Narro cada uma das principais atividades, para que ajude a recordar e fixar os acontecimentos em palavras.

Posts relacionados

Móbile Gobbi Montessori para bebês

Teatro de sombras Uma Lagarta Muito Comilona

Como fazer teatro de sombras

Como fazer teatro com caixa de papelão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *