AtividadesAtividades de AlfabetizaçãoAtividades de Coordenação Motora

Fases do desenvolvimento da preensão do lápis

preensao do lapis 01

Nesta publicação, abordaremos as fases do desenvolvimento da preensão do lápis. Insistimos muito em que o lápis ou os pincéis devem ser pegos de forma adequada pela criança. Muitas vezes, damos muita importância a isso. Para escrever, espera-se que a criança pegue o lápis com a pinça do dedo indicador e o polegar, apoiando-o no dedo médio.

Mas, mesmo antes de chegar à fase ideal da preensão do lápis, a criança leva alguns anos a adquirir força suficiente nos músculos dos dedos. E, ainda assim, há muitas pessoas que não o conseguem.

As fases do desenvolvimento da preensão do lápis se da de forma natural. Logo, é um erro pegar a mão da criança para ajuda-la a escrever qualquer letra. Ela mesma se autocorrige com o tempo. O mais importante, como pais e/ou professores, é proporcionar vivências concretas que lhe permitam ter um bom desenvolvimento motor fino.

Veja em nosso blog uma série de atividades de coordenação motora fina que preparam a criança para a pega correta do lápis.

Fases do desenvolvimento da preensão do lápis

Vamos conhecer as fases pelas quais os meninos e meninas passam quando pegam o lápis com as mãos

Preensão cilíndrica ou preensão palmar (1-1,5 anos)

Aparece entre o ano e o ano e meio. A criança usa toda a mão para pegar a ferramenta. O movimento procede de segmentos proximais, ou seja, move o ombro e o braço para mover a mão. Esse é conhecido como uma pega estática.

Preensão digital pronada (2.3 anos)

Aparece entre os 2-3 anos. Os dedos seguram a ferramenta. O ombro começa a ser mais estável e os movimentos procedem de segmentos mais distais (cotovelo e antebraço). Trata-se de uma pega estática.

Pinça quadrípode (3,5 – 4 anos)

Aparece aos 3 anos e meio ou 4 anos. Os quatro dedos participam na preensão do lápis. Agora o movimento procede do pulso e da mão. E há maior estabilidade de ombro e cotovelo. Inicialmente, é uma pega estática, ainda que possa evoluir e se tornar dinâmica.

Pinça trípode ou pinça (4,5 – 6 anos)

Aparece entre os 4 anos e meio e se desenvolve e perfecciona até os 7 anos. Nela participam o dedo polegar índice e o polegar. Inicialmente os três dedos funcionam de maneira unitária para, posteriormente, amadurecer até uma pinça trípode dinâmica.

Como corrigir a pega do lápis?

Caso seu filho já esteja com 7 anos e não consiga a pega do lápis adequada, busque trabalhar com ele de uma maneira respeitosa. E isso é possível através de uma série de brincadeiras com materiais que impulsionem o movimento de pinça.

Alguns exemplos:

  • Brincadeiras com pregadores de roupas que trabalhe o movimento de abrir e fechar.
  • Brincar com massinha.
  • Fazer colares de miçangas.
  • Recortar com a tesoura.
  • Abotoar e desabotoar botões de uma jaqueta.
  • Abrir e fechar o zíper da calça.
  • Transferência de líquido com esponja. Excelente o exercício de apertar e soltar a esponja.
  • Ler um livro e passar página por página.
  • Rasgar folhas.
  • Brincar com macarrão, gelo, bolinhas, fitas…

Atividades para Educativas crianças

Atividades para crianças é uma seção da nossa web que traz um monte de atividades interessantes para trabalhar com nossos filhos. Todas elas apresentam objetivos claros para o desenvolvimento emocional, motor e intelectual da criança. Visite:

Posts relacionados

Brincadeira grafomotora com carrinho Hot Wheels

Atividade cores primárias para crianças

Atividade com leão para Educação Infantil

Atividades com tesoura para Educação Infantil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *