Disciplina PositivaSER PAIS

Os castigos servem para que se aprenda a fazer as coisas escondido

Os castigos servem para que se aprenda a fazer as coisas escondido

Nos estilos educativos autoritários, em que são constantes os castigos, as crianças se comportam “corretamente”, principalmente, diante das figuras de poder ou quando sabem que estas podem se inteirar, mas quando ninguém as vê, ou em um futuro, os comportamentos vão a pior.

O relevante, na infância, é que as crianças aprendam qual é o comportamento adequado através de seu exemplo, com ferramentas educativas respeitosas e com a própria aprendizagem que os erros lhes dão.

Castigar “promove” mentir, gera medo, raiva, em ocasiões, até indiferença aos castigos. Pode produzir comportamentos “submissos” a curto prazo e/ou diante de quem exerce o castigo, mas isso não é uma solução real ao problema.

Agora, pergunte-se: você gostaria de ser castigado em seu trabalho para que aprendesse a fazer as coisas melhor? Ou que castigassem os seus amigos por algo que você fez? Pois, na resposta a essas perguntas está a chave do que realmente as crianças necessitam…

Visto em @Crianza respetuosa.

Disciplina Positiva

Através da Disciplina Positiva aprendemos a centrar-nos em potenciar habilidades em nossos filhos para que possam ser capazes de solucionar problemas por eles mesmos. Também reconhecemos que castigos físicos e psicológicos não são recursos que favoreçam a criar crianças com autonomia, responsáveis e independentes. Saiba mais:

Posts relacionados

Método Inuit para não gritar com os filhos

A violência contra as crianças lhes deixa marcas que são para sempre

O que significa colocar limites para a Disciplina Positiva?

Não existe educação sem autoridade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *