Brinquedos e JogosDesenvolvimento infantilEducação InfantilMétodo MontessoriSER CRIANÇA

Por que as crianças se beneficiam com poucos brinquedos?

poucos brinquedos criancas

Montessori disse: “Brincar é o trabalho da criança”. Quis dizer que as crianças não apenas brincam quando brincam, mas que também estão trabalhando. O brincar é uma parte importante do desenvolvimento infantil e o tipo de brinquedos com os que uma criança interage conforma sua compreensão do mundo que o rodeia. Os brinquedos são ferramentas que as crianças usam para realizar seu trabalho, mas o melhor é que a quantidade de brinquedos que uma criança tenha seja limitada.

Através do brincar, as crianças praticam a cozinha, a limpeza, o ir ao trabalho, o cuidado do bebê, cada atividade adulta que veem a seu redor. Esse tipo de prática através do jogo, realizada uma e outra vez, as faz mais seguras de si mesmas. O brincar as ajuda a lidar com seus problemas e as ajuda a processar a nova informação que recebem todos os dias.

Os brinquedos ajudam as crianças a brincar, ajudam as crianças a se entreter sozinhos e a se tornar independente. Pode parecer que mais brinquedos proporcionam mais entretenimento e ajudam a criança a trabalhar. Mas não é assim.

Estas são as razões pelas quais é melhor manter os brinquedo simples e ao mínimo.

Com menos brinquedos, as crianças…

1. Usam mais sua imaginação. Estudos demonstram que Einstein tinha razão quando afirmou que “o verdadeiro signo da inteligência não é o conhecimento, mas sim a imaginação”.

2. Tem maior foco e concentração. Menos brinquedos significam menos distrações que ajudam a criança a se centrar em suas tarefas. Os brinquedos que proporcional excesso de estimulação estão relacionados com o TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperativa).

3. Interagem mais com os demais. As habilidades de comunicação não são inatas; se aprendem. Ter menos coisas se interpõe menos no caminho das interações sociais. Quando as crianças brincam juntas, se comunicam juntas.

4. Aprendem a respeitar o que tem. Uma criança tem mais probabilidades de valorizar seu trabalho quando sabe que não tem substituições.

5. Recebem uma melhor educação. se escolhe brinquedos como livros, blocos, material para a arte e quebra-cabeças, as crianças trabalham em habilidades como a leitura, a construção, o desenho e a escritura. Esses brinquedos podem incorporar lições sobre o mundo em que a criança está imersa no lugar de distrai-los do mundo real.

6. Tornam-se ingeniosos, aprendem a usar o que tem.

7. Dividem. Como pais queremos que nossos filhos coloquem a posse por cima das pessoas e não sejam condicionantes. Interagir com outros sem objetos que vem entre eles permite às crianças valorizar as pessoas sobre as coisas.

8. Tornam-se especialistas. Quando uma criança se foca em um certo brinquedo, aprende a domina-lo e está orgulhoso de suas conquistas.

9. Elas se dão conta de que não podem ter tudo o que querem. Os pais podem pensar que não dar-lhes o que os demais companheiros tem as faça impopulares, ou as faça sentir-se inferiores, mas isso lhes mostra que a identidade das pessoas se constrói por seu caráter, não por suas possessões.

10. Apreciam mais a natureza. Se tem um entretenimento sem fim dentro de casa, é difícil que queira sair.

11. Aprendem a ser felizes com o que tem. O que uma criança mais precisa é de amor e, com isso, aprenderão que o amor e a felicidade não se podem comprar.

12. Aprendem o valor de ter um ambiente ordenado. Uma criança não terá que cavar através de caixas de brinquedos e jogar todas as coisas no chão porque ter poucos brinquedos permite “um lugar para tudo e tudo em seu lugar”.

Então, o que você pode fazer quando familiares e amigos inundam sua casa com brinquedos para seus filhos?

Com o tempo, as crianças se entediarão com seus brinquedos e precisarão de mais variedade, mas não precisam de todos ao mesmo tempo. Você pode armazenar e e fazer rodízio para introduzir novos brinquedos enquanto se mantém a quantidade de brinquedos em uso mínimo.

Pode sugerir, amavelmente, que deem a seu filho brinquedos como blocos de montar, bolas, formas, quebra-cabeças e material para arte no lugar de objetos barulhentos e chamativos que requerem pouca ou nenhuma imaginação, o que não o ajuda a desenvolver habilidades motoras finas. Também pode solicitar presentes que não sejam brinquedos ou animar a dar o excesso à caridade.

* Fonte: Emily Wade. Why Kids Benefit From Fewer Toys. Visto em Educación Montessori. Imagem: Nerealopez.es

Leia também:

Método Montessori

Uma das filosofias na área da educação que mais nos apaixona é o Método Montessori. Buscamos seguir seus fundamentos na criação e educação da nossa filha. Preparamos nossa casa para que Laura tivesse tudo a seu alcance e também lhe oferecemos propostas de material, brinquedos e atividades inspiradas em montessori. Tudo isso compartilhamos aqui na web. Acesse e confira:

Posts relacionados

Como as crianças aprendem física brincando com este tipo de brinquedos

10 cartões para usar com a torre rosa

Números de lixa Montessori

Pote da calma não ajuda a criança a se acalmar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *