Já parou para pensar como o mundo de nossos filhos está cada vez mais rodeado de concreto? O mundo urbano tirou-nos a nossa essência, nossa conexão com a mãe natureza. Clamamos por essa reconexão com o meio ambiente, mas perdidos por não saber como consegui-la. Uma das formas é estabelecer a conexão através de práticas artísticas que estejam a favor do meio ambiente.

A arte e a natureza vão de mãos dadas. Esta nos convida a uma experiência única de conhecimento do eu interior. Através da arte, ativamos possibilidades de compreender melhor o nosso entorno e criar formas de protegê-lo. Isso é possível ao colocarmos em prática a criatividade a serviço da arte.

Desde que nasce, o bebê sente o desejo de explorar o mundo. É um sujeito em constante transformação. A natureza lhe oferece tudo o que necessita para se desenvolver. Quando lhe permitimos esse contato íntimo e estreito com o meio ambiente, damos-lhe as ferramentas necessárias para criar e dar forma a seu pensamento.

Práticas artísticas a favor do meio ambiente

Dentre as práticas artísticas que podemos desenvolver no entorno natural, estão:

  • Arte reciclada
  • Arte efêmera
  • Landart
  • Enfoques STEAM

As crianças, em contato com a natureza, intervêm sobre ela continuamente. Ao mudar de lugar uma concha, uma pedra ou uma folha, reorganiza o espaço. Juntos é possível criar e ressignificar cada um dos elementos naturais, dando forma a figuras incríveis.

Nossa experiência com a natureza, nem de longe é tão íntima como gostaríamos. Isso porque, como muitos, vivemos em um espaço urbano cimentado, entre paredes de concretos. Tornamo-nos andarilhos e vamos em busca dessa reconexão continuamente. Precisamos ir à natureza, sentir toda a energia e vibração. E isso o fazemos com muita frequência.

À Laura sempre permitimos explorar o entorno livremente, sem amarras, sem medos a quedas ou a bichos. Sempre mostrando os limites entre o que é perigoso e deve ser evitado e o que deve ser explorado. Na natureza, ressignificamos os elementos para que deem forma ao que sentimos no momento.

Em um de nossos últimos passeios, a pequena de casa se maravilhou com a quantidade de galhos caídos pelo caminho. Havia ventado muito nos dias anteriores. Os galhos secos do inverno caíram e ela se apropriou de vários deles para fazer o desenho de um boneco no chão.

praticas artisticas no meio ambiente 01

Sua cabeça era composta de algumas folhas e flores.

praticas artisticas no meio ambiente 02

De repente um vento súbito começou a soprar. A cabeça de folhas começou a se desfazer. Em um gesto de proteção, Laura se deitou sobre as folhas para que não escapassem e, assim, seu boneco continuasse ali.

praticas artisticas no meio ambiente 03

Foi algo tão grandioso que, na hora de ir embora, pôs-se a recolher cada uma das partes do boneco. Quis trazê-las à casa para poder mostrar a seu pai como era lindo aquele bonequinho tão especial.

praticas artisticas no meio ambiente 04

Ressignificar a natureza através das práticas artísticas é uma maneira autêntica de reconexão com o meio ambiente e respeito a ele!

Author

Deixe Uma Resposta