Desenvolvimento infantilSER PAIS

16 perguntas de normas de segurança que poderiam salvar a vida do seu filho

normas de seguranca para criancas e adolecentes 01

Como atuaria seu filho em uma situação perigosa? Revise estas perguntas sobre normas de segurança que o ajudarão a saber o nível de consciência de que seu filho tem sobre certos perigos aos quais poderia estar exposto todos os dias.

1. O que faria se seus papais estão longe e alguém está tratando de abrir a porta de sua casa?

2. Aceitaria doces de um estranho?

3. O que faria se a tomada começa a queimar e não há ninguém em casa?

4. Um adulto estranho está pedindo ajuda. Deveria ajuda-lo?

5. O que deve fazer se está sendo ameaçado por um bando de cachorros perigosos?

6. Você acaba de conhecer alguém de sua idade. Deveria ir à sua casa se o convida?

7. Que deve fazer se cheira gás em casa?

8. Se está esperando o elevador e chegam alguns estranhos. Deveria entrar com eles?

9. Que deve fazer se você se da conta de que está sendo observado ou perseguido por alguém?

10. Se está sozinho em casa, quem você pode deixar entrar?

11. Que deve fazer se um estranho te segura e não quer te soltar?

12. Que deve fazer se você se perde entre muitas pessoas?

13. Que deve fazer se está na rua no meio de uma tormenta?

14. Que deve fazer se alguém está te ameaçando ou à sua família pela internet?

15. Seus amigos querem que brinquem com eles em um rio congelado. Você iria?

16. Pode tomar remédio do kit de primeiros socorros, se seus pais não estão?

normas de seguranca para criancas e adolecentes

Veja as respostas adequadas:

1. Um intruso está tratando de entrar na casa onde uma criança ficou sozinho. A criança precisa chamar seus pais antes de ligar para o número de urgência. A chamada ao serviço de resgate pode ser feita depois de seus pais e, durante esse tempo, seus pais podem ligar e avisar os vizinhos.

2. É inaceitável pegar alimentos, brinquedos ou outros artigos de estranhos. Ensine a seus filhos que, ocasionalmente, podem aceitar a generosidade de alguém desde que você o permita.

3. Se há risco de incêndio na casa ou no apartamento, seu filho deve sair, rapidamente, do edifício e ligar para os bombeiros. Enquanto estão de caminho, seu filho deve recorrer aos vizinhos para pedir ajuda. Está estritamente proibido provar e extinguir o fogo por conta própria.

4. Se alguém na rua pede ajuda a seu filho, deve recusa-la com um claro “não” e sair rapidamente. Se uma pessoa precisa de ajuda, primeiro se dirigirá aos adultos.

5. O principal aqui é manter a calma e não provocar os animais para que ataquem. Não deve olhar os cachorros nos olhos, mas podem desviar sua atenção com qualquer objeto como um boné, um guarda-chuva ou um caderno. Jogue o objeto para outro lado e comece a se afastar, lentamente, da manda sem girar as costas.

6. Ensine seu filho a não visitar as pessoas que são apenas familiares, inclusive se algum estranho se apresenta como um amigo da família. Isso também se aplica às crianças desconhecidas. Seu filho sempre pode se negar sob o pretexto de que está sendo vigiado por um de seus pais.

7. Seu filho pode sair da casa ou do apartamento imediatamente, ir até os vizinhos e ligar para os bombeiros.

8. É perigoso entrar no elevador com estranhos. Ensine seus filhos a recusar ofertas para faze-lo. Em seu lugar, podem dizer que vão esperar seus pais que estão de caminho. Lembre seus filhos que somente os adultos que o conhecem podem ser de confiança.

9. A decisão correta, nessa situação, é entrar em um supermercado, em um salão de beleza, ou qualquer outro lugar com gente ao redor e chamar os pais.

10. Não abra a porta a estranhos. Parece ser uma norma de segurança conhecida. Assegure-se de que seu filho a entende corretamente. Algumas pessoas acreditam que o principal perigo detrás de uma porta está um homem. Entretanto, inclusive senhoras e crianças de aspecto inocente podem representar uma ameaça.

11. O que se pode fazer se alguém segura seu filho? A medida mais segura é atrair a atenção da pessoa. Pode gritar e brigar. Se é necessário, pegue uma pedra e jogue-a na janela ou no carro mais próximo. A compensação por danos não te custará tanto como as consequências de se encontrar com um abusador.

12. Ensine seus filhos a manter a calma se se encontram em meio a muita gente. Tem que se mover, gradualmente, até a margem da multidão, mas não ir contra ela. É perigoso aproximar-se a objetos com elementos sobressalientes, como barras. Se seu filho está na multidão que um adulto que o acompanha, deve coloca-lo em seus ombros.

13. Se seu filho está na rua durante uma tormenta, o primeiro que deve fazer é encontrar um refúgio seguro. Pode ir à loja ou à entrada de algum lugar concorrido mais próximo. Se não há refúgio próximo, podem se esconder entre as árvores baixas em um parque. Não é seguro estar próximo a estruturas metálicas, piscinas de água, árvores altos e carros. Lembre-se de que o relâmpago mais perigoso vem seguido por um trovão imediatamente.

14. Não sucumbir às provocações e ameaças. Se uma criança está sendo ameaçada, ele ou ela deve informar, imediatamente, a seus pais ou ligar pedindo ajuda. O dever de cada pai é estabelecer uma relação de confiança com seus filhos sem invadir sua privacidade.

15. Seu filho deve saber que está proibido, absolutamente, patinar sobre um rio congelado. Essas atividades só devem ser praticadas em áreas especialmente designadas sob a supervisão de adultos.

16. Informe a seu filho do perigo do remédio. Inclusive, se ele ou ela está seguro de que uma pastilha determinada alivia a dor de cabeça, não permita que a utilize em sua ausência. Diga a seus filhos que liguem para você ou para outros parentes se se sentem mal.

Ensine a seus filhos as normas de segurança de forma gradual, mas constante. Não devem desenvolver o sentimento de que o mundo exterior é ruim. É bom se estão abertos e cautelosos em certas situações. Mas, o resto do tempo, que desfrutem de sua infância e adolescência, possivelmente o momento mais lindo de sua vida.

* Texto de La vida lúcida

Desenvolvimento Infantil

Ler sobre o desenvolvimento infantil permitirá você compreender melhor seu filho e, dessa forma, ajuda-lo desde o respeito e o amor, sem gritos nem castigos. Visite nossa seção:

Posts relacionados

Sono seguro é sono perto dos pais

Decálogo de um lar mais seguro

Conto Waldorf: O Homenzinho do Outono

O pote do tédio: 50 alternativas a ligar a televisão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *