Contos InfantisHistória Infantil

Conto Zen – Educar exige muito de sua paciência, confiança e amor

Conto Zen

A partir da leitura de um conto zen, convidamos vocês a refletir o ato de educar e como exige de nós, pais, muito de nossa paciência, confiança e amor.

Conto Zen

Não precisa ser agricultor para saber que uma boa colheita requer de boa semente, bom adubo e aguar constantemente.

Também é obvio que quem cultiva a terra não esteja parado impaciente de frente à semente plantada e grite com todas suas forças: ‘Cresce sua maldita!’.

Há algo muito curioso que ocorre com o bambu japonês, que o transforma em não apto para impacientes: Você planta a semente, a aduba e se ocupa de regá-la constantemente.

Durante os primeiros meses não ocorre nada de apreciável. Na realidade, não ocorre nada com a semente durante os primeiros sete anos, a tal ponto que, um cultivador pouco experiente estaria convencido de ter comprado sementes inférteis.

Entretanto, durante o sétimo mês, em um período de apenas seis semenas a planta de bambu cresce mais de 30 metros.

Demorou apenas seis semanas a crescer?

Não. A verdade é que levou sete anos e seis semanas para desenvolver-se.

Durante os primeiros sete anos de aparente inatividade, este bambu estava gerando um complexo sistema de raízes que lhe permitiriam sustentar o crescimento que ia ocorrer depois de sete anos.

No entanto, na vida cotidiana, muitas pessoas tratam de encontrar soluções rápidas, triunfos rápidos sem entender que o sucesso é simplesmente o resultado do crescimento interno e que isso requer tempo. Talvez pela mesma impaciência, muitos daqueles que aspiram resultados em curto prazo, abandonam subitamente, justo quando já estavam a ponto de conquistar a meta.

De igual maneira, é preciso entender que, em muitas ocasiões, estaremos diante de situações nas quais pensaremos que nada está ocorrendo. E isso pode ser muito frustrante.

Nesses momentos (que todos temos), recordemos o ciclo de maturação do bambu japonês. Não cruzemos os braços, nem abandonemos por não ver o resultado esperado, já que, sim, está ocorrendo algo dentro de nós: estamos crescendo, amadurecendo.

Não nos demos por vencidos, gradual e imperceptivelmente, vamos criando os hábitos e o templo que lhes permitirá sustentar o sucesso quando este, ao fim, se materialize.

O sucesso não é mais do que um processo que leva tempo e dedicação.

Um processo que exige aprender novos hábitos e nos obriga a descartar outros.

Um processo que exige mudanças, ação e formidáveis dotes de paciência.

Tempo… Como nos custam as esperas, que pouco exercitamos a paciência neste mundo agitado em que vivemos…

Apressamos os nossos filhos em seu crescimento, apressamos o motorista de táxi… nós mesmos fazemos as coisas apressadamente, não sabemos nem bem o por quê…

Perdemos a fé quando os resultados não se dão no prazo que esperávamos, abandonamos nossos sonhos, nos geramos patologias que provem da ansiedade, do estresse…

Para que?

Proponho a você recuperar a perseverança, a espera, a aceitação.

Se não consegue o que deseja, não se desespere…

Talvez só esteja fincando raízes.

– Gostou do conto?! Acredita que educar é um processo lento e que exige paciência? Compartilhe-o!

* Foto: Abundancia, Amor y Plenitude

História Infantil

Veja mais sobre o universo da leitura infantil. Há dicas de livros infantis, contos, fábulas, lendas, parlendas, poemas, literaturas de cordel… Além disso, dicas de recursos lúdicos para a contação de histórias. Todo um mundo de possibilidades para incentivar o gosto pela leitura na infância.

Posts relacionados

O que fazer se algum familiar tenta intervir na educação do seu filho?

Os filhos morrem em seu quarto

Lendas indígenas para ler para as crianças

10 razões para contar histórias para crianças

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *