Criação com ApegoEducação Emocional

O poder do abraço favorece o desenvolvimento da saúde emocional das crianças

O poder do abraço

O abraço é um gesto carinhoso. Quando encontramos alguém querido nos abraçamos. Quando queremos desejar feliz aniversário a alguém, nos abraçamos. Por que, então, com nossos filhos costumam nos aconselhar: “não abrace tanto, vai acabar ficando dependente!” ou “não abrace tanto, vai acabar ficando manhoso!”. Se todos nós pais tivéssemos bem internalizado o poder do abraço, daríamos uma banana para as pessoas que nos dão esse tipo de conselho. Abraçaríamos nossos filhos uma e outra vez, cada vez que necessitem nosso aconchego, mas também cada vez que nós pais necessitemos senti-los próximo.

Na realidade, crianças e bebês precisam dos abraços de seus pais e mães. Quantos mais e de melhor qualidade, melhor. O abraço de amor verdadeiro, gostoso e apertado ajudam o bebê a conciliar o sonho, a regular sua temperatura corporal e mesmo a crescer mais fortes. Além disso, estimulam o seu desenvolvimento intelectual.

Qual o poder do abraço para a criança?

Kathleen Keating, autora do livro A Terapia do Abraço, explica que os benefícios do abraço para as crianças são indiscutíveis. Os abraços ajudam a que tanto quem dá quanto quem o recebe se sintam bem. Além disso, favorecem o excelente desenvolvimento da inteligência emocional da criança.

Por exemplo, quando uma criança tem uma birra, um abraço o ajuda a conter sua agressividade e tensão experimentada. O abraço lhe demonstra que não está sozinha, que pode contar conosco, e a anima a abrir-se para que possa expressar seus sentimentos. Assim, pois, lhe permite recuperar esse equilíbrio interno que, em ocasiões, as crianças não se veem capazes de administrar. A segurança e a proteção que lhe dão seus pais com um abraço pode parar condutas disruptivas iminentes de um momento dado.

Enfim, se, no núcleo familiar, se respira confiança e compreensão por ambas as partes, os abraços servem para acalmar as crianças quando tristes, confusas, chateadas… etc. Em Disciplina Positiva, vemos como a contenção feita com respeito e amor pode obter resultados excelentes com as crianças.

Benefícios do abraço para a criança

Não se pode discutir o poder do abraço para o desenvolvimento da criança. Poderíamos enumerar uma quantidade grande de benefícios do abraço para nossos filhos. Selecionamos alguns deles:

1. Segurança

A criança se sente muito mais segura se recebe constantes abraços de seu pai, sua mãe ou de seu cuidador. Sente que é amado e querido e isso o impregna de um sentimento de proteção e de calidez.

2. Saúde emocional

O poder de um abraço é grande para a criança que sente confiança, proximidade, fortalecimento do apego e vínculo emocional com seus pais e/ou cuidadores. Não há dúvidas de que isso favorece a autoestima da criança e a percepção que tem de si mesmo. Ao sentir-se amado, seguro e confiante, passa a criar um autoconceito positivo de si mesmo. Dessa forma, os abraços são fundamentais na educação emocional de nossos filhos.

3. União familiar

Os abraços diários e constantes, sempre que sinceros, unem a família. Seus membros sentem um maior vínculo e sentimentos encontrados de amor e confiança. A criança que se sente aceita e querida no ambiente familiar é mais colaboradora e tende a ter um comportamento mais adequado diante das situações. Estabelecer um vínculo seguro é um dos princípios da Criação com Apego.

4. Fonte de energia

Um abraço está cheio de emoções e de amor. Logo é indiscutível a energia positiva que desprende. Dão força, ânimo e equilibra o estado emocional da criança.

O que sente a criança ao ser abraçado?

Não é muito difícil se colocar no lugar de um bebê ou uma criança para saber o que sente ao ser abraçado. Basta você se perguntar: o que sinto ao ser abraçado? A mistura de sensações é grande. A criança se sente querida e amada. Sente fortaleza e segurança. Melhora sua autoestima. Sente felicidade.

Deveria ser desnecessário lermos um artigo do gênero. Deveríamos, instintivamente, ser conscientes de que os abraços em nossos filhos somente pode fazer-lhes bem. Deveríamos deixar de pensar que abraços fazem de nossas crianças pessoas mimadas. Recordemos que o afeto é uma necessidade de nossos pequenos desde que nascem. Não conhecem o novo mundo. E é em nossos braços que se sentem seguros. Neles encontram forças para conhecer o desconhecido. Neles se sentem amados e felizes, adotando sempre uma atitude positiva diante da vida. Isso porque sabem que nos tem a qualquer momento para protegê-los e ajudá-los.

Portanto, nunca duvide do poder do abraço. Abrace seu filho sempre que desejar. Deixe de julgamentos. Deixe-o sentir o quanto você o ama e que está disponível sempre que precisar.

Inteligência Emocional

Na seção Inteligência Emocional aprendemos como ajudar nossos filhos a reconhecer e identificar as emoções corretamente. A partir do autocontrole emocional, a criança está preparada para vivenciar situações várias de uma maneira equilibrada. Descubra mais:

Posts relacionados

Cartões de três partes sobre emoções e sentimentos

Jogo Monstro das Cores para brincar com as emoções

As coisas que eu amo...

Não é necessário acrescentar frustrações artificiais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *