Educação Emocional

Professores defendem educação emocional nas escolas

educacao emocional nas escolas

É isso mesmo que você leu no título. Finalmente uma boa notícia nesse nosso Brasil. Em audiência pública na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, professores defenderam a inclusão da educação emocional nas escolas. O tema foi debatido no último 18 de maio.

Para os professores que participaram da audiência, a educação emocional nas escolas seria um recurso importante. Seu objetivo é melhorar o aprendizado do alunado e auxiliar a resolução de conflitos pessoais e familiares.

O professor João Roberto de Araújo, da Universidade de São Paulo (USP), explicou tratar-se de um equivoco priorizar a competição entre os alunos e ignorar as emoções e o afeto humano.

“Será que sentir raiva é feio? Não, não é feio. A raiva faz parte, mas eu preciso saber que eu posso fazer isso ou aquilo com a raiva para não ser um analfabeto emocional. O analfabeto emocional é aquele que não sabe as emoções que tem, como elas aparecem e não sabe o que fazer com elas. Por isso eles matam, ferem, roubam, vão presos e sofrem profundamente”, disse Araújo.

Educação emocional nas escolas do Acre

Como exemplo de sucesso na aplicação da educação emocional nas escolas foi apresentado o caso das escolas do Acre. Segundo a Secretaria Municipal de Educação do Rio Branco (AC), a educação emocional foi incluída no currículo escolar e na formação continuada dos professores. Desde então a capital do Acre passou de 9ª a 4ª no ranking das capitais brasileiras no Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (Ideb).

“A criança na escola aprende as estratégias de conhecer as emoções, de falar sobre as emoções, regular essas emoções e desenvolver uma autoconfiança tamanha que ela se encoraja a fazer a mediação de conflitos com os pais que, pela ausência de uma educação emocional, não conseguem fazer”, disse o secretário.

Esse é um passo super importante para que possamos passar à prática algo que já está comprovado em experiências que incluíram a educação emocional no âmbito escolar. É fundamental que se torne uma realidade e não tenhamos que ficar apenas na teoria.

* Visto em Correio Brasiliense

Posts relacionados

Cartões de três partes sobre emoções e sentimentos

Jogo Monstro das Cores para brincar com as emoções

As coisas que eu amo...

Não é necessário acrescentar frustrações artificiais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *