Sacizadas é um poema de Fernanda Sander. Em sua leitura, você descobre as travessuras do Saci Pererê. Desfrute lendo e conhecendo mais sobre esse popular personagem do folclore brasileiro.

Sacizadas

O leite azedou
O ovo gorou
Será que o mundo
Maluco ficou?
Meu livro sumiu
Ninguém mexeu
Pedaço de toco
O boi comeu.
Galinha fugiu
Redemoinho formou
Vim cá correndo e
Ninguém me chamou.
Cadê o toicinho
Que eu pus bem ali?
Acho que um saci
Passou por aqui…

Sander, Fernanda
Texto inédito, 2002.

Mais textos sobre a lenda do Saci Pererê

Clique na imagem abaixo para se inspirar e brincar junto com as crianças:

Saci Pererê

Então, gostou dessa brincadeira?! Compartilhe com seus amigos!

Author

Deixe Uma Resposta